quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Projeto Plugado é finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil


Na ponta dos pés: alunas da Escola Municipal Pres. Getúlio Vargas, de Foz, participantes do Projeto Plugado.
  
O Projeto Plugado – Canais Ligados na Cultura!, mantido pela Casa do Teatro e pelo Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu, é um dos finalistas do Prêmio Fundação Banco do Brasil (FBB) – criado para identificar, selecionar, certificar, promover e fomentar tecnologias que apresentem respostas efetivas para diferentes demandas sociais.
  
Serão escolhidas nove tecnologias sociais replicáveis divididas em quatro categorias: Direitos da Criança e do Adolescente e Protagonismo Juvenil; Gestão de Recursos Hídricos; Participação das Mulheres na Gestão de Tecnologias Sociais; Tecnologia Social na Construção de Políticas Públicas para a Erradicação da Pobreza.
  
Ao todo, o prêmio, que está em sua sexta edição, recebeu 1.116 inscrições. Dessas, além do projeto iguaçuense, outras 263 iniciativas estão entre as finalistas. O Plugado concorre na categoria Educação, sendo reconhecido por sua atuação nas escolas envolvendo 800 estudantes e professores da educação pública.
   
O projeto, que em 2011 já recebeu o Prêmio Neide Castanha, apresenta uma metodologia que articula, de forma pedagógica, a arte, a cultura e a educação como ferramentas de promoção da cidadania e de protagonismo entre adolescentes.
  
Um corpo de jurados formado por 14 integrantes será responsável por avaliar as melhores iniciativas. Caso seja um dos nove vencedores, receberá um prêmio no Valor de R$ 80 mil. O resultado será divulgado em novembro.
  
Estão entre os finalistas também outros dois projetos iguaçuenses: Oficinas de Artesanato e Identidade nos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu; Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável; e Veículo Elétrico para Catadores de Materiais Recicláveis.


Fonte: JIE

Trincheiras: Parecem que vão sair do papel

O Secretário de Meio Ambiente e Obras, Ruberlei Santiago, anunciou que a prefeitura, em parceria com a concessionária Ecocataratas, construirá a trincheira no cruzamento da BR277 com o trevo da Vila A.

A confirmação da obra aconteceu na audiência pública que debateu a construção de viadutos em Foz do Iguaçu, na quarta-feira, 28.

Para o Presidente da Comissão Especial das Estradas Federais, Nilton Bobato, “apesar de a audiência pública ter apoiado o anúncio de construção da trincheira pela prefeitura, isso não redime o Governo do Estado da responsabilidade pelas obras que estão previstas há 16 anos, desde a duplicação do trecho entre Foz do Iguaçu e Santa Terezinha”. Bobato afirmou que a Comissão continuará cobrando do Governo do Estado a construção dos demais viadutos nos pontos críticos da cidade, localizado na Avenida Costa e Silva, Beira Rio, além da duplicação da BR469.

De acordo com Santiago, o projeto de construção da trincheira, estimado em R$ 3 milhões, já está em fase avançada e a obra deve ser licitada ainda nesse ano. “O projeto de cálculo estrutural deve estar pronto em vinte dias. A prefeitura vai executar a trincheira e chegamos a conclusão que tem quer ser licitado ainda esse ano”. Para o processo licitatório acontecer é necessária a autorização do DER e da Concessionária Ecocataratas.

O Secretário de obras disse ainda que a construção da trincheira foi fruto de um acordo feito entre o governo do estado e o município, em que a prefeitura construiria a trincheira, e o estado, o restante das obras. “Na última conversa entre o Paulo Mac Donald e o Beto Richa, chegou-se a conclusão de que o prefeito faria a trincheira na Avenida Paraná, e ele (governador) faria duas trincheiras, uma no antigo teatro Plaza Foz e outra na Costa Silva, então a palavra do governador foi a seguinte: você faz a Paraná, e eu faço o restante; essa foi a promessa do governador”.

A confirmação da promessa não pode ser feita em função da ausência do Secretário de Infraestrutura e Logística do Governo, José Richa Filho e do deputado estadual da base governista, Reni Pereira (PSB).

Para o vereador Nilton Bobato, o discurso do Governo do Estado é controverso, uma vez que as declarações públicas do governador sinalizam para a falta de prioridade política do estado com as obras em Foz do Iguaçu. Para exemplificar, o vereador mostrou a matéria publicada no jornal “Gazeta do Povo”, no dia 27/09, que lista as 16 obras relacionadas a transporte propostas por Beto Richa para serem incluídas no orçamento da União de 2012. Em nenhuma das propostas aparece investimento para Foz do Iguaçu.

Uma das propostas, incluídas no orçamento da União de 2012, estima o investimento de R$139,7 milhões para melhorias na BR 153 no trecho de Imbituva – Paulo Frontim. “Por que o governo não inclui mais investimento no orçamento da União para as obras em Foz do Iguaçu, cujos valores são ínfimos se comparados com os valores das obras propostas para outras regiões?”, questionou Bobato.

Mais uma vez, a falta de representação política de Foz do Iguaçu foi apontada como prejudicial para os investimentos na cidade. Para o representante do DER, Sérgio Moreira, a saída é “intensificar a ação política” junto ao Governo Estadual e Federal para a construção das demais obras na cidade. 



Fonte: Assessoria Câmara

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Empregados de Itaipu entregam plano de ação para o combate à exploração infantojuvenil



Jorge Samek ouve do grupo as propostas contidas no plano, entregue nesta quarta-feira (28).
  
Um grupo de empregados, terceirizados, estagiários e participantes do PIIT entregou à diretoria de Itaipu, nesta quarta-feira (28), no Centro Executivo, um plano com as ações a serem desenvolvidas, a partir de outubro, com o objetivo de auxiliar o Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA) a sensibilizar os empregados para a proteção dos jovens da região. O documento foi recebido pelo diretor-geral brasileiro, Jorge Samek.
  
O plano foi construído a partir de maio, por meio de oficinas do Projeto Crescendo com Cidadania, coordenadas pela ONG Terra dos Homens. A proposta é informar os adolescentes sobre seus direitos e replicar a necessidade de se adotar um cuidado especial com pessoas dessa faixa etária (até 17 anos).
     

Participantes do encontro celebram a entrega do plano. Entre eles, o assistente do DGB, Joel de Lima
  
Para chegar às atividades consideradas prioritárias, foram debatidos todos os tipos de violação dos direitos da infância, como abuso, exploração e pedofilia.
   
Segundo a coordenadora do PPCA, Gladis Mirtha Baez, o projeto está nascendo a partir dos trabalhadores da Itaipu.
  
Além da binacional, outras três empresas brasileiras elaboraram um plano de ação: Vale do Rio Doce, Santo Antônio Energia e Eletrobras. Numa segunda fase, o projeto será replicado em várias outras instituições do país.
  

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Maravilha da Natureza: Já votou nas Cataratas?


  
O Comitê Local de Apoio à Candidatura das Cataratas do Iguaçu às Novas Sete Maravilhas da Natureza espera reunir 500 pessoas no ato público desta terça-feira (27), às 17 horas, no Hotel Mabu. O objetivo é mobilizar a população em favor do atrativo iguaçuense – um dos 28 finalistas da eleição mundial. Todos estão convidados. A iniciativa tem o apoio da Itaipu.
  

O convite é aberto a toda a população.
  
Como votar
  
O concurso está programado para se encerrar em 11 de novembro de 2011. Até lá, é possível votar enviando SMS com a palavra “Cataratas” para o número 22046 (o custo é de R$ 0,31 mais impostos) ou pelo site www.votecataratas.com.


Fonte: JIE

Água para Todos, inclusão social e expansão das Unidades Básicas de Saúde

Conversa com a PresidentaA coluna Conversa com a Presidenta desta semana – publicada nesta terça-feira (27/9) em 198 jornais e revistas no Brasil e no exterior – traz perguntas sobre a construção de Unidades Básicas de Saúde, a política de inclusão social para moradores de rua e a expansão do Programa Água para Todos. De Petrópolis (RJ), o pedreiro Roberto Francisco de Assis quis informações a respeito do plano de expansão das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Em resposta, a presidenta Dilma Rousseff informou que o governo federal está liberando recursos do PAC 2 para construir 2.122 novas UBS nas regiões prioritárias do Brasil Sem Miséria, que somam R$ 565 milhões. 

Ela explicou que além de construir novas Unidades, o governo investirá R$ 1,13 bilhão, até 2014, para a reforma e ampliação de unidades em todos os estados e no Distrito Federal. Disse, ainda, que os municípios localizados em regiões de extrema pobreza, ou com baixo nível de renda por pessoa, terão prioridade.
“Isso porque uma das prioridades do meu governo é justamente ampliar e aprimorar a atenção básica, capaz de resolver 80% dos problemas de saúde, o que contribui para desafogar os hospitais. Atualmente, existem 38 mil UBS em funcionamento no país. Nelas, os usuários do SUS realizam consultas médicas, curativos, vacinas, exames laboratoriais, tratamento odontológico, são encaminhados para especialidades e recebem medicação básica (…). As prefeituras que pretendem reformar unidades devem acessar a página do Ministério da Saúde: www.dab.saude.gov.br.”

“A força do nosso país e as opiniões do nosso povo estão sendo cada vez mais respeitadas lá fora”

Café com a presidentaA presidenta Dilma Rousseff fez uma avaliação da participação do Brasil na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), no programa de rádio Café com a Presidenta. Ela afirmou que foi uma honra discursar na abertura da Assembleia e destacou a necessidade de se buscar uma saída para crise econômica internacional:
“Eu estava representando ali o Brasil, um país que vem tendo cada vez mais destaque no cenário internacional. A força do nosso país e as opiniões do nosso povo estão sendo cada vez mais respeitadas lá fora. Falei da crise econômica internacional em meu discurso, Luciano [Seixas, apresentador], porque o mundo vive um momento muito delicado. É uma crise financeira que nasceu nos países mais ricos e está deixando milhões e milhões de desempregados em todo o mundo, em especial, nos países mais ricos. A posição defendida pelo Brasil na ONU é de que a saída para a crise econômica mundial deve ser discutida por todos os países juntos”.
 Leia mais em Café com a Presidenta

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

"Escola deve ser mais presente na vida das crianças”, afirma Graça Gadelha

"A escola deve ser mais presente na vida das crianças. Constituir um espaço de diálogo, de debate, de busca de ações que possam criar um ambiente privilegiadamente pedagógico", afirmou a socióloga, Graça Gadelha, especialista em Políticas Públicas na área da infância e da juventude durante a programação do ciclo "Rodas de Conversa – Ciclo de Debates para a Diversidade", organizado pelo Projeto Plugados – Canais Ligados na Cultura, no final de semana.

A palestra, na sexta-feira, à noite, reuniu mais de 200 professores, estudantes e operadores dos direitos da criança, no Hotel Bella Itália.

Abordando as funções da escola e da família, no processo de formação do cidadão, Graça disse que, muitas vezes, a escola vira uma mediadora de conflitos e o professor se constitui numa referência, tendo que arcar com muitas responsabilidades, quando ele também precisa de cuidados", criticou

Para Graça, a família deveria ser a referência, pois, a história começa dentro de suas casas. Por outro lado, a escola precisa ensinar não apenas as disciplinas curriculares, mas formar crianças aptas para refletir sobre o contexto sócio-cultural e político.

Cultura

A socióloga lembrou que embora nos últimos anos tenha se buscando formas de erradicar a exploração sexual de crianças e adolescentes, como o trabalho desenvolvido pelo Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu, a situação ainda é bastante crítica no país. “Embora trabalhe há 20 anos na área, algumas coisas ainda me assuntam.“No nordeste, por exemplo, já se fala em gravidez na infância”, disse.

Para ela, é preciso mudar o padrão hegemônico da cultura. “O homem ainda sente-se no direito de usar o corpo das crianças. Essa cultura machista precisa mudar”, afirmou.

No entendimento de Graça, a exploração sexual e o tráfico de pessoas tem “cara”. Atinge principalmente meninas pobres e de classes excluídas.

Abertura

Na abertura do seminário, o assistente do diretor-geral, Joel de Lima, deu boas-vindas ao público. “Aqui, estamos discutindo valores e propostas para construir um país futuro, estruturado e com valores que nos façam ter orgulho do trabalho realizado”, destacou.

No sábado, no Refúgio Biológico, estudantes de escolas públicas de Foz participaram com oficinas formativas.

O Plugados é mantido pela Casa do Teatro e PPCA, da Itaipu.

sábado, 24 de setembro de 2011

IFPR abre processo seletivo para professor de matemática

O campus de Foz do Iguaçu do Instituto Federal do Paraná (IFPR) selecionará professor substituto para atuar na disciplina de matemática. As inscrições podem ser feitas até dia 29, na secretaria da instituição, das 9h às 12h e das 14 às 18h. A taxa de cadastro é de R$17.

O pré-requisito para participar da seleção é ser graduado em Matemática. O salário será de R$1.536,46, para 20 horas semanais.

A avaliação será dividida em duas etapas: prova didática e análise de currículo. A didática ocorrerá no dia 3 de outubro, às 8h, na qual o candidato ministrará uma aula com duração de 50 minutos. No dia 4, a prova de análise curricular terá como base os documentos apresentados no ato da inscrição. Serão classificados àqueles que obtiverem a média geral igual ou superior a 7.

Segundo o diretor do campus, Luiz Carlos Eckstein, o processo seletivo terá validade de 6 meses, a partir da publicação do Edital de Homologação no Diário Oficial da União, mas pode ser prorrogado no interesse da Instituição, em consonância com as normas legais.

Inscrições - O documento para pagamento da inscrição pode ser obtido no site htt://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp ou no Protocolo do Campus e pagos nas agências do Banco do Brasil.

O IFPR em Foz está localizado na Av. Araucária, nº 780 – Vila A – Foz do Iguaçu.
Mais informações pelo e-mail: secretaria.foz@ifpr.edu.br ou pelo telefone: (45) 3422-5300

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ECOMAC:Encontro reúne empresários dos três estados do Sul

CIDADE 19š. ECOMACEmpresários do comércio da construção civil dos três estados da região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) estão reunidos em Foz do Iguaçu, onde participam da 19ª. Edição do Ecomac (Encontro de Comerciantes de Materiais de Construção da Região Sul).

O evento foi aberto na noite desta quinta-feira (22) e segue até sábado (24), no Hotel Rafain Palace. O assistente do diretor-geral, Joel de Lima, representou a empresa no evento.

Nos três dias, além da troca de experiências sobre as tendências do mercado que ainda está em alta no País, os comerciantes enxergam no encontro uma oportunidade de aprimorar os conhecimentos sobre produtos e serviços. "Estou há 18 anos no ramo e há 25 anos, a Acomac (Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção) Oeste existe, realizando atividades em prol do segmento. Ano passado participei do evento em Canelas (RS) e lá pude pensar como tornar este encontro mais atrativo neste ano e o destaque são duas palestras bem específicas que teremos entre hoje e amanhã", comentou o empresário Paulo Pulcinelli.

O 19º Ecomac é realizado pela Acomac Oeste com demais associações do ramo como Anamaco, Fecomac e Acomac e apoio de instituições como Itaipu, Sebrae e Sistema Fecomércio.

Fonte: Rádio Cultura

Ato Público reforça campanha para eleger as Cataratas como uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza

O Comitê Local de Apoio à Candidatura das Cataratas do Iguaçu – uma das 28 finalistas da eleição mundial das Novas Sete Maravilhas da Natureza fará um ato público na próxima terça-feira, dia 27, e convida toda a população da região da Três Fronteiras a participar.

A  mobilização deve reunir representantes do governo estadual, autoridades da província argentina de Missiones, o prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donal Ghisi, o diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, o secretário de Turismo de Foz, Felipe González e o presidente do Fundo Iguaçu, Gilmar Piolla.

O concurso está programado para se encerrar em 11 de novembro de 2011. Até lá, é possível votar enviando SMS com a palavra “Cataratas” para o número 22046 (o custo é de R$ 0,31 mais impostos) ou pelo site www.votecataratas.com.

Participam, ao todo, 28 sítios finalistas espalhados pelos cinco continentes. Além das Cataratas, o Brasil é representado pela Amazônia.

Divulgação

Quem quiser contribuir para a divulgação da candidatura das Cataratas pode acessar o site www.votecataratas.com e baixar peças da campanha para internet, rádio, jornal, revista e TV, entre outros materiais gráficos e digitais.

A estratégia de divulgação está baseada em diferentes mídias, mas o foco principal são a internet e as redes sociais. Para assistir aos VT’s de 30 segundos e 3 minutos da campanha, acesse o site www.votecataratas.com.

Plugados promove Rodas de Conversa com professores e estudantes

A ideia é que as discussões e as técnicas partilhadas nos cursos sejam replicadas no ambiente escolar e nos serviços ofertados pela rede de atendimento a crianças, adolescentes e jovens da cidade. Na sexta-feira, as atividades acontecem no auditório do Hotel Bella Itália, a partir das 19h. No sábado, a programação tem início às 8h30, no Refúgio Biológico da Itaipu Binacional, com oficinas formativas. O Plugados é mantido pela Casa do Teatro e Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu.

Rodas de conversas


As rodas de conversas, conforme explica a diretora da Casa do Teatro, Arinha Rocha, são formas de intervenção e abordagem social. Durante as atividades culturais, os estudantes participam de terapias coletivas baseadas na tradição da cultura oral, na qual um conjunto de pessoas (família ou comunidade) se reúne. Todos falam e ouvem na busca de superar os problemas que atingem o grupo, de forma construtivista e participativa.
  
O assistente do diretor-geral da Itaipu, Joel de Lima, reforça a importância da articulação entre os mais diversos segmentos na busca de soluções e de melhorias em todas as direções. “É importante que professores e demais profissionais da educação, especialistas e gestores debatam meios de se melhorar a escola pública e os serviços sociais oferecidos pela rede de atendimento, atualizando os seus métodos e aprimorando as ferramentas utilizadas”. E complementa: “A Itaipu integra esse esforço, que também é o de toda a sociedade”, reforça Joel.

Convite: Exposição Parque Nacional do Iguaçu

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Material escolar: Itaipu entrega 500 kits aos alunos do Paraná Alfabetizado


A Itaipu Binacional, através do Projeto Rede Cidadã, entregou nesta quinta-feira, 22, ao Núcleo Regional de Ensino (NRE) 500 kits com material escolar para serem utilizados pelos alunos do Programa Paraná Alfabetizado.  Nos próximos meses, serão repassados outros 1,5 mil kits.

Cada kit contém caderno, lápis, caneta, lápis de cor, giz de cera, régua, borracha, apontador, folhas sulfites, cola e tesoura. 

Para a chefe do NRE, Ivone Muller, esse material coloca todos os alunos, a maioria pessoas com mais de 20 anos, em situação de igualdade. “Muitos estudantes são carentes. Alguns não têm condições sequer de comprar um caderno”, disse.

“Com esse material, todos terão as mesmas condições de estudar, sem contar que, as aulas ficarão mais atraentes e dinâmicas”, completou o assistente do diretor-geral, Joel de Lima, coordenador do Rede Cidadã.
Erradicar

O Paraná Alfabetizado prevê erradicar o analfabetismo em todo o estado. Na região, quatro municípios são considerados territórios livres do analfabetismo: Serranópolis, Itaipulândia, Medianeira e Matelândia. A Organização das Nações Unidas para a educação, à ciência e à cultura (Unesco) concede o título quando menos de 4% da população não sabe ler ou escrever.

O próximo desafio, conforme explica o coordenador regional do Programa, Roberto Rafael dos Santos, é Foz do Iguaçu. Atualmente, 5,06% dos iguaçuenses ainda são analfabetos. Há 10 anos, 45% dos moradores de Foz nunca havia sentando em um banco escolar.

Desde a implantação em 2004, cerca de 367 mil pessoas aprenderam a ler e a escrever no Paraná. Desses, 13 mil nos nove municípios do NRE.

GT Saúde prepara Feiras de Saúde do Idoso

O Dia Mundial do Idoso será comemorado na Tríplice Fronteira com nove feiras de saúde, no dia 29 de outubro. Serão quatro no Brasil: Foz do Iguaçu, Cascavel, Toledo e Guaíra. No Paraguai, em Hernandárias, Assunção, Salto del Guairá e Coronel Oviedo e em Posadas na Argentina. Os detalhes do projeto foram definidos esta semana durante a reunião do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde).

A proposta da comissão de Saúde do Idoso do GT Saúde é orientar os idosos a ter uma vida mais saudável através de palestras, rodas de conversas e bate-papos. Entre os temas: formas de evitar acidentes domésticos como quedas, cuidados com higiene bucal, postura, tabagismo, nutrição, DST/AIDS e cuidado com pés diabéticos. Haverá também atividades culturais.

Foram apresentadas também propostas para uma oficina sobre Leishmaniose e sobre “Abordagem e Acolhimento de Adolescentes pelos profissionais de saúde”.

Dengue na Argentina

Durante a reunião, as médicas Mirtha Grossi e Sandra Besold apresentaram um balanço da situação da dengue na Argentina. Segundo dados repassados pelas médicas, os números de casos reduziram muito desde a epidemia registrada em 2009. Naquele ano, foram notificados 26 mil casos de dengue em todo o país. Em 2010, caiu para mil e de janeiro a setembro de 2011, menos 300 pessoas contraíram a doença.

“Para não sofrermos uma nova epidemia trabalhamos na prevenção e erradicação do mosquito o ano todo. Inclusive contratamos centenas de agentes de endemias para visitar as casas periodicamente”, disse.

Eninc reúne mais de 1,5 mil profissionais da construção civil em Foz

O Encontro Nacional para Inovação da Construção Civil (Eninc) reúne em Foz do Iguaçu, nesta quinta-feira, 22, mais de 1,5 mil profissionais para conhecer as novidades e as tecnologias do setor que mais cresce no país. Somente no primeiro semestre, gerou 187 mil empregos no Paraná.

As palestras são dirigidas para todos os atores de uma obra, desde os pedreiros, carpinteiros até engenheiros. Entre os temas: Prevenção de Catástrofe, Energias Renováveis, Certificação e Alvenaria Sustentável.

A cerimônia de abertura ocorreu na quarta-feira, no Hotel Mabu, com a presença do governador do Paraná, Beto Richa; representantes do Crea, Sinduscon e da Itaipu Binacional.

“A construção nunca esteve tão aquecida, devido a obras públicas e privadas. O Estado desenvolverá programas de capacitação profissional para acabar com o problema da falta de mão de obra qualificada. Temos emprego, mas não profissionais”, afirmou o Richa.

Uma das obras que mais chama a atenção dos moradores da região foi anunciada esta semana. O Estado duplicará 15 quilômetros da BR 277, trecho que liga Medianeira a Matelândia. A duplicação deve começar em 45 dias, com duração de 18 meses.

Representando Itaipu, o assistente do diretor-geral, Joel de Lima, destacou que a empresa pode ser parceira na formação desses novos profissionais. “Precisamos capacitar e aproveitar as inovações para deixar os canteiros de obras mais produtivos e menos pesado”, destacou.

Feira 

Em uma feira paralela, empresas de várias partes do país apresentam os novos produtos e serviços para reduzir os impactos ambientais e melhorar o conforto de quem utiliza e constrói prédios e residências. Um dos que mais chamam a atenção dos visitantes é a madeira produzida a partir de materiais recicláveis, também uma máquina para moer entulhos, janelas de PVC e soluções para aproveitar a água da chuva.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

“O Brasil descobriu que a melhor política de desenvolvimento é o combate à pobreza”

Confira o depoimento da Presidenta Dilma Rousseff, na abertura  do Debate Geral da 66ª Assembleia Geral das Nações Unidas, nesta quarta-feira (21/9) em Nova York. Ela  proferiu amplo discurso e abordou assuntos como representatividade das mulheres, crise econômica, reforma do Conselho de Segurança da ONU, Palestina e meio ambiente.

 Discurso Dilma Rousseff


Conferência incentiva empresas a contratar jovens aprendizes


Nesta-quarta-feira, o Centro de Atenção Integral ao Adolescente (Caia) reuniu mais de 300 pessoas, entre empresários e jovens em busca do primeiro emprego, na 1ª Conferência sobre a Lei de Aprendizagem promovida pela entidade, no Recanto Park Hotel. O tema abordado foi “O Jovem no Mercado de Trabalho: interfaces de sucesso". A ideia foi explicar as facilidades e vantagens da contratação de jovens.
  
Em busca do primeiro emprego, jovens lotam conferência.
  
O procurador do Ministério Público do Trabalho, Enoque Ribeiro dos Santos, explicou que, por lei, toda empresa, com faturamento anual acima de R$ 2,5 milhões deve ter pelo menos um aprendiz no quadro de funcionários, entretanto, instituições menores também podem e devem investir na contratação de estudantes.

“O trabalho juvenil é legal e faz toda a diferença na vida do adolescente”, disse Thais Ghisi, coordenadora do Centro de Atenção Integral ao Adolescente (Caia). O assistente do diretor-geral brasileiro, Joel de Lima ressaltou que essa região oferece muitas oportunidades para o descaminho, mas também há instituições preocupadas com a formação profissional de cada menino e menina.
 
Joel lembrou que nos últimos anos a cidade vem recebendo  investimentos do governo federal na área da educação. A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila) e escola técnica federal são exemplos disso.

A Itaipu Binacional mantém uma parceira com o Caia por meio do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA). A entidade oferece cursos educativos e profissionalizantes para crianças e adolescentes da região do bairro Porto Meira. Ali, as famílias também recebem atendimento médico e social.

Atualmente, dos 100 jovens inscritos nos cursos de rotinas administrativas e operacionalidade hoteleira, 81 estão atuando no mercado de trabalho. “Esse mês, uma de nossas alunas deixou de ser aprendiz para ser contratada pela empresa. Outras instituições deveriam seguir o exemplo”, destacou Thais.

Fonte: JIE

Ministro Gilberto Carvalho envia carta de apoio ao povo palestino

Atendendo ao pedido do assistente do diretor-geral da Itaipu, Joel de Lima, o Ministro Chefe da Secretaria-Geral da Presidência República, Gilberto Carvalho, encaminhou uma carta de apoio ao povo palestino.


Caros amigos e amigas,
 

Quero reafirmar perante a comunidade palestina no Brasil o apoio da presidenta Dilma Rousseff e de nosso governo à criação de um Estado palestino independente e soberano.  Desde o ano passado, o Brasil reconhece o Estado palestino conforme as fronteiras de 1967, incluindo a Cisjordânia, a Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental. Nossa expectativa agora é que a Assembléia Geral da ONU efetive também esse reconhecimento, em nome da comunidade internacional e coerente com o direito fundamental do povo palestino de ter seu território, liberdade e autonomia de conduzir o seu destino.

Abraço fraterno.

 

 

Gilberto Carvalho

Ministro Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República

“A situação é vergonhosa e uma afronta aos direitos humanos”, afirma Joel

O assistente do diretor-geral da Itaipu, Joel de Lima, defendeu a criação do Estado Independente da Palestina em um manifesto realizado na terça-feira, 20, na Praça do Mitre em Foz. Para ele, a situação é vergonhosa e uma afronta aos direitos humanos.

O movimento reuniu árabes, autoridades religiosas e civis. Além de Foz do Iguaçu, atos semelhantes foram realizados em diversos países e tema da reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, em Nova York.
“Representando Itaipu e governo federal, reafirmo que somos parceiros incondicionais desta causa, pois ela é justa e precisamos defendê-la. E todos os agentes políticos do governo estão empenhados nessa causa”, afirmou Joel.

Segundo ele, embora o apoio brasileiro, possa gerar desconforto com alguns países, dará conforto aos cidadãos. “Precisamos virar esta página e corrigir o mau feito”, pontuou.

O pedido

Os palestinos afirmam já ter pedido acordos com Israel durante as últimas décadas, mas sem sucesso. A alternativa é promover estes manifestos e solicitar o apoio da ONU.

"A participação da comunidade prova a nobreza deste povo, que recebeu o povo palestino e está apoiando a nossa causa em busca de liberdade, justiça e democracia", disse xeque Mohsin Al Hassani.

O guia religioso da Sociedade Beneficente Islâmica, xeque Mohamed Khalil, criticou o veto do governo americano ao pedido para a criação de uma nação independente na Palestina. Faloiu também da a ingerência dos Estados Unidos sobre a Organização das Nações Unidas. "A ONU deveria ser livre, pois precisa se livrar das garras cheias de sangue, de raiva, de egoísmo de alguns países. O egoísmo proíbe a paz no Oriente Médio".

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Brasil mostra experiência com energia em fórum promovido pela ONU

A experiência do Brasil na promoção de acesso aos serviços de eletricidade foi apresentada nesta terça-feira (20), em Nova York, no Fórum do Setor Privado 2011, promovido pela Organização das Nações Unidas. O presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, e o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, participaram do debate, que reuniu mais de 300 representantes de governos, de empresas e da sociedade civil de dezenas de países.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, antecipou aos participantes do debate que a energia será destaque no seu pronunciamento desta quarta-feira, na Assembleia Geral, que será aberta pela primeira vez por uma mulher, a presidenta Dilma Rousseff. “Precisamos colocar a energia como um dos temas do topo da agenda internacional”, afirmou o secretário-geral.

A ONU e o Pacto Global lançaram esta semana o programa Energia Sustentável para Todos, que visa a universalização dos serviços de energia até 2030, melhorar a eficiência do setor em 40% e aumentar a participação de fontes renováveis em 30% até aquela data. A intenção é definir um plano de ação até a Conferência Rio+20, em 2012, no Rio de Janeiro.

Muitos dos participantes do debate apontaram o Brasil como um exemplo positivo no combate à miséria e na promoção do acesso aos serviços de eletricidade. E os representantes brasileiros foram questionados sobre a aplicação na prática dessas políticas. Para o diretor-geral brasileiro da Itaipu, a questão da universalização da energia passa pela distribuição de renda. “Não há como resolver apenas a questão do acesso a esses serviços. É preciso ter um ambiente favorável para o crescimento econômico, aliado à distribuição de renda e à boa governança”, afirmou Jorge Samek.

O presidente da Eletrobras, por sua vez, afirmou que “é extremante positivo que a ONU tenha colocado a energia no centro do debate global da busca pela sustentabilidade” Carvalho Neto disse ainda que “isso também sinaliza a importância que o sistema Eletrobras terá na Rio+20” (conferência sobre o meio ambiente que será realizada em 2012, no Rio de Janeiro. Carvalho Neto fez uma defesa da hidreletricidade na Amazônia, em debate com autoridades internacionais, mostrando o avanço das tecnologias, as boas práticas socioambientais, o intenso processo de negociação e as formas de mitigação dos novos projetos.

O evento também contou com a participação do ex-governador da Califórnia (EUA), Arnold Schwarzenegger, que apresentou a experiência do seu governo na promoção de energias renováveis e na melhoria da eficiência energética, com projetos realizados em parcerias público-privadas. “O setor privado foi essencial para o sucesso desses projetos que hoje fazem parte dos programas da administração Obama, mostrando como iniciativas regionais podem influenciar políticas nacionais”, afirmou.

Fonte: Assessoria

GT Saúde promoverá Feiras de Saúde

O Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde) debate durante todo o dia no Centro de Recepção de Visitantes (CRV) da margem direita, detalhes das Feiras de Saúde a ser realizadas em comemoração ao Dia Mundial do Idoso, no dia 1 de outubro.

A ideia é oferecer serviços de prevenção à saúde, como dicas para evitar acidentes domésticos e, não avaliação da saúde dos idosos.

Em parceria com instituições de ensino e Secretárias Municipais da Saúde serão montadas, no dia 29 de setembro, 9 feiras: 4 no Brasil, 4 no Paraguai e 1 na Argentina.

Na pauta reunião, também, uma apresentação sobre a situação da dengue na Argentina.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Lançamento: "Prosa de Estrada" atrai comunidade iguaçuense

O auditório da Fundação Cultural ficou pequeno, na noite de sábado, 17, para receber os convidados do escritor Nilton Bobato para o lançamento do seu livro “Prosa de Estrada”. Personalidades políticas, religiosas, artistas e amigos prestigiaram o lançamento do sexto livro do escritor, o segundo do gênero de contos. O evento foi contagiante e marcado pelos depoimentos de pessoas que acompanharam a jornada do escritor ao longo de sua vida literária e política.


O cerimonial conduzido pela amiga e publicitária Neve Gois, narrou a jornada da vida multifacetada do escritor, que já atuou como jornalista, integrante de banda de rock, militante estudantil, é professor, e atualmente, como costuma dizer, “está vereador”. O comportamento e o estilo pessoal mudaram, mas sua veia literária sempre esteve pulsante em toda sua trajetória. “Lembro do Nilton com o cabelo comprido, quando tocava na Banda Mortal. O Nilton Bobato nunca teve noção de limites, sempre foi um questionador, e lutador de causas, desde quando compunha as letras da sua banda”, contou Neve.

Após a abertura, a atriz Cláudia Ribeiro, interpretou o conto “Machado na biblioteca”, despertando nos espectadores a singular sensação produzida pelo conto: surpreender. A homenagem da atriz foi seguida pelos depoimentos do escritor e empresário, Teen Simioni, do escritor, Lyrio Bertoli, da Secretária de Educação, Joane Vilela, do Presidente da Fundação Cultural, Adelino de Souza, do vice-prefeito, Chico Brasileiro e dos Xeques Mohsin Al Husseini e Mohamed Khalil.

“Prosa de Estrada” atravessará os limites da fronteira e será lançado em São Paulo, hoje, 19, às 18h, no EKOA Café da Vila Madalena, no dia 21/09, às 18h30, no Espaço Metrópolis Gourmet, em Brasília; no dia 24/09, às 18h30, na Livraria do Museu da República, no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro; e no dia 30/09, às 19h, no Palacete Wolf, em Curitiba.

Lei que moderniza Correios é sancionada


Imprimir
A lei 12.490, que moderniza e fortalece os Correios, foi sancionada pela presidenta da República Dilma Roussef e publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (19).

As medidas prevêem a ampliação da atuação da ECT e dotam a empresa de instrumentos para enfrentar a concorrência com a prestação de serviços mais ágeis e eficientes para toda a população brasileira.

Os Correios poderão atuar no exterior e nos seguintes serviços postais: eletrônicos, financeiros e de logística integrada. Poderão constituir subsidiárias, adquirir controle ou participação acionária em empresas já estabelecidas e firmar parcerias comerciais que agreguem valor a sua marca e a sua rede de atendimento.

Na prática, as mudanças alinham os Correios ao cenário atual de modernidade, evitando assim a estagnação da ECT perante grandes multinacionais de logística, como ocorreu com o serviço postal americano. A difícil situação dos correios dos Estados Unidos, inclusive com proposta de demissão em massa, vem sendo tema de manchetes em veículos de imprensa de todo o mundo (leia a reportagem “Correios dos EUA propõem cortes de 35.000 postos de trabalho”, da Agência France Presse).

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A mil dias do torneio, presidente Dilma assina 'Lei Geral da Copa'

A presidente Dilma Rousseff assinou nesta sexta-feira a "Lei Geral da Copa". O texto vai tratar de questões como imigração, impostos e direitos autorais para o Mundial de 2014, que vai acontecer no Brasil. A informação foi confirmada pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, durante evento realizado em Belo Horizonte a mil dias da competição.
O conjunto de novas regras será incorporado à lei brasileira por exigência da Fifa por conta da realização da Copa do Mundo. Com a assinatura, o texto será encaminhado para o Congresso Nacional para ser aprovado e colocado em prática.
Os principais termos da nova lei dizem respeito aos direitos de transmissão, proteção de marcas e patentes, comércio entre as cidades-sede e outras facilidades para membros da Fifa. Algumas exigências da entidade não foram aceitas pelo governo federal, que já era para ter enviado o projeto para o Congresso em março.
Fonte: G1

Foz sedia Seminário sobre Direito Eletrônico na Tríplice Fronteira

Será realizado nos dias 29 e 30 de setembro, no Espaço Cultural Elias Hauagge, o 1º. Seminário de Direito Eletrônico na Tríplice Fronteira. O evento prevê discussões entre governantes, juízes, promotores, advogados, empresários, profissionais, pesquisadores, educadores e acadêmicos.

Entre os temas estão: a sociedade da informação, benefícios e perigos, a importância do direito digital, os procedimentos ilícitos no mundo virtual e o monitoramento eletrônico de presos.

E ainda: a segurança da informação, o consumidor eletrônico, as redes sociais, o cenário das novas tecnologias, o papel da educação, o analfabetismo e o caos digital, a ética e o comportamento na internet, a perícia técnica e a produção de provas eletrônicas e muitos outros temas essenciais para a vida pessoal e profissional na próxima década.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Reconhecimento do Estado da PALESTINA JÁ!

Lançada a V Campanha de Prevenção ao Câncer de Mama de Foz

Foi lançada na sede do provopar de Foz, a edição 5 da Campanha de Prevenção ao Câncer de Mama.

Sob coordenação da primeira-dama do município, Hildegard Ghisi, este ano, a campanha conta com uma programação extensa, contendo: o lançamento da campanha na Praça do Mitre no dia 19/10 às 20 horas, atividades desenvolvidas com crianças nas escolas, palestras de orientação junto às unidades de saúde no decorrer do mês de outubro e em novembro, e a exemplo dos anos anteriores, o encerramento da campanha com o 3º Jantar Rosa, no dia 11 de novembro às 20 horas.


Foto: Christian Rizzi/AMN

Mulheres querem mais estudo e sucesso profissional, afirma pesquisa

As mulheres são maioria. Estão com mais dinheiro no bolso e mais confiantes no futuro. Uma pesquisa investigou os sonhos e os hábitos das brasileiras. Elas investem cada vez mais na carreira e nos estudos, mas sem descuidar da aparência, da casa e dos filhos.

Na pesquisa, as mulheres disseram que é importante se mostrar bem cuidada até para conquistar mais espaço no mercado de trabalho. Nove milhões de mulheres passaram a fazer parte da nova classe média em cinco anos. Elas têm muitos sonhos, muitos desejos e muita vontade de realizá-los.

As mulheres da nova classe média estão estudando mais. Já representam 66% de todas as universitárias do país. O sonho é seguir se aperfeiçoando. Ao todo, 38% das mulheres também pretendem fazer um curso de inglês.

De olho no trabalho, mas sem esquecer a vaidade, elas acreditam que cuidar da aparência pode dar uma forcinha na hora de alcançar o sucesso profissional. 

Tudo está ligado ao aumento da renda delas, que cresceu 49% em cinco anos. Parte do dinheiro tem destino certo. Só no ano passado, desembolsaram R$ 20 bilhões com beleza, três vezes mais do que gastavam há oito anos.

Elas passaram de dona de casa para dona da casa. Boa parte (33%) agora está no comando da família sem deixar de sonhar. “Acabei de construir minha casa, mudei há menos de um mês e estou exatamente finalizando os móveis. Está bem bacana”, apontou a funcionária pública Marilsa Pereira.

A pesquisa mostrou ainda que os desejos de consumo das mulheres mudaram. Antes era um carro usado, produtos para o cabelo, um computador ou eletrodomésticos da linha branca. Agora elas querem viajar mais de avião, televisão de tela fina, notebook e perfume importado. Elas gostam muito também de decoração e querem principalmente uma cozinha bonita para receber os amigos.

Fonte: Bom dia Brasil

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Plugados será apresentado em Brasília


Jovens integrantes do Projeto Plugados durante apresentação de peça teatral.
  
A experiência premiada do Projeto Plugados – Canais Ligados na Cultura!, no incentivo ao protagonismo juvenil, será apresentada nesta sexta-feira (16) e sábado (17), em Brasília (DF), durante a oficina nacional: “Disseminação da metodologia pesquisa-ação e intervenção social com adolescentes em situação de exploração sexual nas cidades sedes da Copa Mundial de Futebol - 2014”.
   
O Plugados é mantido pela Casa do Teatro e Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu. Em maio, recebeu o Prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos, na categoria Protagonista de Crianças e Adolescentes.
  
Organizado pelo Núcleo de Estudos da Infância e Juventude (NEIJ), o objetivo do evento é compartilhar as metodologias de enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescente e outras violações de direitos.
   
“Esse convite reconhece o trabalho desenvolvido pelo ‘Plugado!’, há dois anos, com adolescentes de escolas públicas de Foz do Iguaçu, onde existe incidência de risco social, violação ou desrespeito aos direitos da juventude”, defende Gladis Mirtha Baez, coordenadora do PPCA. E acrescenta: "Não estamos na lista das cidades sedes da Copa, mas nossos projetos são exemplos".
    
Política?

Segundo Arinha Rocha, diretora da Casa do Teatro, na oficina será compartilhado com instituições de várias partes do país, um pouco das técnicas, das ferramentas e práticas sociais utilizadas em Foz. “Procuramos utilizar a cultura para incentivar o protagonismo e participação comunitária da juventude e como ferramenta de enfrentamento a todas as violências”, diz.
   
Para Joel de Lima, o Plugados! pode servir, inclusive, de exemplo para implantação de uma política pública na área de proteção aos jovens. “Os adolescentes aprenderam uma profissão na área das artes e, ainda, repassaram para os colegas. Oficialmente são 40 plugados, mas o conhecimento foi repassado para outros 400 estudantes”, destaca Joel.
  
Plugados!
  
O ‘Plugado!’, beneficia cerca de 400 estudantes de escolas públicas de Foz. Mantém 40 agentes culturais de 10 escolas. Eles atuam como multiplicadores das linguagens de teatro e dança e oferecem formação para a cidadania e a participação social. Cada plugado recebe uma bolsa de R$ 100,00, como forma de estímulo e de complementação da renda familiar.


Fonte: JIE

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Setor de telecomunicações vive momento promissor, afirma Bernardo

IMG_4072O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que o setor de telecomunicações vive um momento histórico no Brasil. Ele destacou que o Governo Federal vem adotando uma série de medidas para estimular o setor e cobrou mais investimentos por parte da iniciativa privada. As declarações foram feitas nesta segunda-feira (12) na  sessão solene de abertura da Futurecom, em São Paulo.







“Todos nós, do governo e da iniciativa privada, temos que nos esforçar ao máximo para aproveitar esse grande momento”, ressaltou. O ministro lembrou a força do mercado interno, com milhões de brasileiros que melhoraram de vida nos últimos anos e hoje contam com renda para consumir serviços como telefonia fixa e celular, TV por assinatura e internet.

Para ilustrar os esforços do governo ao incremento ao setor de telecomunicações, Bernardo citou duas medidas: a nova lei dos serviços de TV por assinatura, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, e o regime especial de tributação do Programa Nacional de Banda Larga, que concederá incentivos a empresas que investirem na construção de redes de fibra ótica no país. O ministro também lembrou o papel estratégico da Telebrás.

Bernardo citou dados que mostram o crescimento expressivo do setor, como o número de acessos móveis à internet e conexões fixas em banda larga. “Apesar desse crescimento, sabemos que ainda falta investir – e muito – na infraestrutura brasileira de telecomunicações”, apontou o ministro.

Ele disse que o ritmo de expansão das redes passou por forte redução nos últimos anos, incompatível com as demandas do mercado brasileiro por telecomunicações. “O setor privado precisa investir muito mais em infraestrutura e serviço. Precisa ousar mais, pois tem como garantias um mercado consumidor sólido e em expansão, uma economia equilibrada e um ambiente regulatório estável”, reiterou o ministro.

Paulo Bernardo ainda destacou metas do planejamento plurianual para 2015, como chegar a 40 milhões de domicílios conectados à internet, quase dobrar as assinaturas de TV a cabo, conectar todas as escolas públicas brasileiras, não só nas áreas urbanas, e aumentar a participação da produção nacional no mercado de equipamentos e aparelhos de telecomunicação para 70%.

O ministro lembrou também o papel da Anatel no processo com os regulamentos de qualidade na internet fixa e móvel, que devem ser publicados até o final de outubro. Com eles os planos terão mais transparência para o consumidor.  Os próximos leilões de freqüência para telefonia móvel e banda larga móvel vão priorizar os concorrentes que apresentarem projetos com maior investimento em redes e uso de tecnologia nacional.

Fonte: MinCom
Foto: Herivelto Batista 

Prêmio Betinho: Acesse e vote

Acesse e vote

Plugados!

Joel de Lima gravou, nesta segunda-feira, 12 de setembro, um depoimento para o vídeo institucional do Projeto Plugados!, mantido pelo Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu, e Casa do Teatro.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Nilton Bobato lança o livro “Prosa de Estrada”

O escritor Nilton Bobato lança  o livro“Prosa de Estrada”,  em Foz do Iguaçu, no dia 17/09, às 18h30, na Fundação Cultural.


“Prosa de Estrada” também será lançado em São Paulo, no dia 19/09, às 18h, no EKOA Café da Vila Madalena. No dia 21/09, às 18h30, no Espaço Metrópolis Gourmet, em Brasília. No dia 24/09, às 18h30, na Livraria do Museu da República, no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, e no dia 30/09, às 19h, no Palacete Wolf, em Curitiba.

Como o próprio nome sugere, a obra foi escrita ao sabor das andanças pela vida, nos locais de parada em cada estação, nas viagens à Brasília, nos ônibus, nos vários locais de destino provocados por sua atuação política e literária. "Prosa de Sacada" é composto por 21 contos e sucede a obra do mesmo gênero “Prosa de Sacada".


Para o escritor, a narrativa é construída sem pretensões técnicas ou categóricas. “Prosa de Estrada é uma coletânea de contos sem compromissos com a temporalidade, com o espaço ou com temáticas, até mesmo sem compromissos com qualquer formato literário, quer apenas narrar histórias, prosear”, diz o escritor.

Prosa de Estrada

Com autoridade sobre o universo literário e percepção aguçada, o psicólogo Mauro Tietz, desvelou no prefácio o implícito nos contos do escritor, cujo olhar repousa no cotidiano autômato.  “Talvez aí resida a qualidade da obra de Nilton Bobato: retratar a vida de parcela – se não a maioria – dos que estão dispersos na malha social. Os contos mostram seres que não alcançam as dimensões da sua própria condição ou mesmo da avalanche desoladora de possíveis soluções para explicar nosso tempo medíocre”.

A escritora e editora, Izaura Franco, registrou sua impressão na orelha do livro, apresentando Nilton Bobato ao lado de escritores renomados como Fernando Sabino. “Digno de figurar entre os grandes nomes da literatura, o escritor Nilton Bobato nos lembra Fernando Sabino em o seu “O Homem Nu”, capaz de, com humor, nos entreter e divertir com uma situação que qualquer um estaria chorando, não fosse ficção”.

Sobre o autor

Nilton Bobato, nascido em 1967, reside em Foz do Iguaçu, no Paraná, desde 1980, e esta região da tríplice fronteira, seus conflitos, sonhos e personagens, seu encontro de tragédias e vitórias, constrói o cenário principal de seus contos, crônicas e poemas. Professor de língua portuguesa, é membro do Colegiado do Livro, Leitura e Literatura e do Conselho Nacional de Política Cultural (2010-2012).

É vereador em Foz do Iguaçu pelo PCdoB (2009-2012) e autor dos livros RISOS DA FRONTEIRA (2003), PRATO FEITO (2005), PROSA DE SACADA (2005), SOBREMESA (2008) E UM BRINDE A TRÊS AMIGOS (2010). Em 2006, recebeu menção honrosa do Concurso Nacional de Poesias “Helena Kolody” com o poema “O MURO E O CORPO”. Em 2007, foi o único brasileiro a integrar a antologia latino-americana de poesias “POETAS DE CARA AL SIGLO”, com autores de 9 países.

Escritora Jeane Hanauer apresenta seu novo livro

A escritora iguaçuense Jeane Hanauer apresentará sua nova obra: "Cronópio Godot", no sábado, às 10h, na Livraria Kunda.

O livro, que conta com o prefácio do escritor Pedro Bandeira, já foi lançado, mas Jeane quer conversar com os leitores sobre o tema. "Será um encontro. Tem dois objetivos: propiciar aos que já leram Cronópio Godot a oportunidade de emitirem seus comentários, sensações, perguntas, etc, e aos que ainda não conhecem o livro a oportunidade para isso", conta.

Tudo isso degustado ao som de um violino e ao sabor de um vinho.

Serviço
Data: 17/09/2011
Horário: 10h
Local: Kunda Livraria

A presidenta Dilma Rousseff concede entrevista exclusiva ao Fantástico

A presidente Dilma Rousseff recebeu a apresentadora do Fantástico, da Rede Globo, Patrícia Poeta no Palácio da Alvorada, a residência oficial da presidência. E falou sobre sua intimidade, sobre política e sobre o futuro do Brasil.

Leia e assista a entrevista na íntegra.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Professor da Unila lança “VALLEJO SIN FRONTERAS” neste sábado

O professor da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Pedro Granados lança neste sábado (10), às 11h, na Livraria Kunda, o livro “Vallejo sin Fronteras”;

"Vallejo sin Fronteras" explica e enfatiza a radical condição da obra lírica do famoso poeta peruano César Vallejo.

O escritor aborda o conflito feminino, liberação e inibições e dialoga com o mundo andino e com autores como Jorge Luis Borges.

A obra é dividida em vários tópicos, entre eles: Mujer fatal, compañera y madre en la poesía de César Vallejo;  El Taller literário César Vallejo en la República Dominicana; Trilce: muletilla del canto y adorno del baile de jarana;  El diálogo Borges-Vallejo: un silencio elocuente; Compromiso y magia en la poesía de agitación politica: El caso de Roque Dalton y César Vallejo.

Feira de Negócios: Joel contextualiza representatividade da Acifi


O representante da Itaipu Binacional, Joel de Lima, integrante do Conselho Superior da Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu (Acifi), aproveitou a abertura da III Feira de Negócios da entidade, ocorrida na quarta-feira, 7, para contextualizar a representatividade da Acifi na comunidade. Sobretudo, no projeto de transformar Foz do Iguaçu em referência para o Mercado Comum do Sul (Mercosul)

A proposta é consequência de um planejamento elaborado pela instituição há pelo menos quatro anos. Desde então, atua em duas frentes. A primeira delas é adequar a sede com infraestrutura capaz de receber e sediar encontros de empresas de todos os países do Mercosul. O projeto da nova sede está sob a responsabilidade do vice-presidente da Acifi, Roni Temp.

Em paralelo, trabalha para ser vista e reconhecida institucionalmente como referência regional. O exemplo é a própria Feira que está em sua terceira edição. “A referência municipal já está constituída. Agora, o próximo desafio é trazer para a Feira empresas do Oeste e Sudoeste do Paraná”, frisou.


A Feira

A Feira da Acifi foi aberta nesta quarta-feira e prossegue até sábado com a participação de 59 expositores dos mais diversos segmentos como confecções; cosméticos e beleza; acessórios; artesanato; móveis e decorações; ótica; alimentos; comunicação; cooperativas de crédito; equipamentos, entre outros.

A área da construção civil também está representada com a presença de empresas de materiais de construção, metalurgia, construtoras e imobiliárias que integram o Espaço Projeto e Construção.

Uma das novidades desta terceira edição é a 1ª Feira de Tecnologia da Informação – TI, cujo objetivo é apresentar ao empresariado soluções e vantagens no uso da tecnologia.
Programação

Nesta quinta (8), a grande atração fica por conta da palestra, às 19 horas, com o jornalista e membro da Academia Brasileira de Letras, Merval Pereira.

O show com o humorista Paulinho Mixaria será no sábado e os ingressos podem ser adquiridos no valor de R$ 15 para associados e estudantes e R$ 25 para não associados. Todas as demais atrações são gratuitas.

Em Foz, André Vargas participa de reuniões com lideranças do PT

O Deputado Federal e Secretário Nacional de Comunicação do Partido dos Trabalhadores (PT), André Vargas (foto ao lado), em visita a Foz do Iguaçu, no feriado de Independência, conversou com as lideranças do partido.

Na reunião, realizada na sede do PT, Vargas debateu as deliberações do IV Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores realizado entre os dias 2 e 4, em Brasília.

Além da paridade de gênero nas direções da sigla, haverá uma cota geracional de 20% para jovens de até 29 anos nas instâncias partidárias. “Mais uma vez o PT saiu na frente nas questões de gênero”, ressaltou.

André Vargas fez também uma defesa sobre a conjuntura do partido visando às eleições municipais de 2012.

A meta é eleger prefeitos e uma boa chapa de vereadores em cinco grandes cidades do Paraná: Curitiba, Maringá, Londrina, Cascavel e Foz do Iguaçu.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Na CBN, Joel fala sobre programas de Saúde na Fronteira

Luís Henrique Scheffer, jornalista da Rádio CBN, conversa com Joel de Lima, assistente do Diretor-Geral da Itaipu, sobre os programas voltados à saúde do homem na região de fronteira. Ainda sobre as  tratativas para a implantação do curso de Medicina no campus da Unioeste em Foz do Iguaçu.

Ouça a entrevista 

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Brasil e Paraguai têm índices de mortalidade masculina semelhantes

Embora Brasil e Paraguai tenham populações totalmente diferentes: Brasil, 190 milhões de habitantes e a maioria mulher; enquanto o país vizinho é  formado por 5,16 milhões de pessoas, sendo 50,42% de homens, os índices de mortalidade masculina são semelhantes.

Em ambos os países, de cada três mortes de adultos entre 18 e 59 anos, duas são de homens. Se reduzir a idade, de 18 a 30 anos, de cada cinco óbitos, quatro são do público masculino. E 80% dos acidentes de trabalho envolvem homens. A expectativa de vida também é menor. Eles vivem em média sete anos menos que as mulheres.

Esses dados foram discutidos semana passada durante a Oficina “Saúde do Homem na Tríplice Fronteira”, organizada pelo Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde), com a presença de técnicos da saúde e de segurança do trabalho.

Rubens Bendlin, coordenador de política de saúde do idoso e do homem da Secretaria de Estado de Saúde, explicou que, boa parte dos óbitos poderia ser evitada. Entre o público mais jovem, homicídios, acidentes de carro e agressões físicas são as principais causas das mortes. Já entre os mais velhos, encabeça a lista os AVCs (Acidentes Vasculares Cerebral), infartos do miocárdio e diabetes. “Se eles fizessem como as mulheres, procurassem o sistema de saúde, periodicamente, muitas mortes seriam evitadas”, disse.

Para Bendlin, a oficina visa chamar a atenção dos gestores para replicar nas empresas as orientações da Política Nacional de Saúde do Homem, pois, embora tenha sido criada há dois anos no Brasil pelo Ministério da Saúde, há poucos resultados positivos. “Apesar das campanhas de prevenção na mídia, a maioria continua indo ao consultório ou fazendo exames apenas quando está realmente doente”, diz.

Antropológico

O Secretário Municipal da Saúde de Foz do Iguaçu, Alexandre Kraemmer, afirmou que essa disparidade tem aspecto antropológico e por isso levará um tempo para a Política de Saúde do Homem funcionar na sua totalidade. “Nem a sociedade tampouco os técnicos estão acostumados a cuidar da saúde masculina”, disse. De acordo com Kraemmer, será necessária uma mudança drástica. “Oficinas como essa com certeza auxiliarão nesta nova fase”.

Para o secretário, como os homens dificilmente procuram atendimento, a orientação dada nas unidades de Foz é aproveitar a presença dele em qualquer um dos setores. “Caso procure um dentista, a ideia é que o profissional meça a pressão do paciente, por exemplo, e o incentive a procurar um médico”, disse.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Empresários vão reivindicar implantação do curso de Medicina em Foz do Iguaçu

Os empresários filiados à Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu (ACIFI) se comprometeram nesta segunda-feira, 5, a serem parceiros da Unioeste e demais entidades da cidade na reivindicação junto aos governos Estadual e Federal para a implantação do curso de Medicina em Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão.

Um grupo de trabalho será responsável por levantar as questões técnicas e solicitar apoio de outras entidades, dentre elas a Caciopar (Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Oeste do Paraná) que estará reunida em Foz no próximo dia 17.

“O curso de Medicina de Foz já é uma bandeira da Acifi. Ajudaremos a mobilizar a população e daremos todo o apoio necessário”, afirmou a presidente da Acifi, Elizangela de Paula Kuhn.

Necessidades

A decisão foi tomada após o reitor da universidade, Alcebíades Orlando acompanhado de Joel de Lima, assistente do diretor-geral da Itaipu, apresentar as necessidades na área da saúde e os benefícios que o curso trará à cidade. “Cascavel tornou-se um centro de especialidades médicas, após o curso de Medicina. Médicos de várias partes do país vieram atuar em Cascavel”, disse o reitor.

Segundo Alcebíades nunca o governo federal esteve tão disposto a ouvir esta reivindicação. A Presidente Dilma determinou a elaboração de um "Plano de Expansão da Rede Federal de Ensino", que visa expandir a rede de ensino e pesquisa para o interior do Brasil. A proposta é abrir 250 mil vagas nas universidades federais e 600 mil nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, em 2014.

“Semana passada, eu, Joel e representantes da AMOP estivemos com a Ministra da Casa-Civil, Gleisi Hoffmann. Ela se comprometeu a nos ajudar”, informou.

“Vamos garantir atendimento humano e de qualidade, e isso é um compromisso a ser buscado todos os dias”

Café com a presidenta Em sete meses, cerca de 5,5 milhões de pessoas receberam, gratuitamente, remédios para tratamento de hipertensão e de diabetes. O dado faz parte do balanço do programa “Saúde Não Tem Preço”, apresentado pela presidenta Dilma Rousseff nesta segunda-feira (5/9), no programa de rádio Café com a Presidenta. Somente no mês de agosto – informou a presidenta – 2,68 milhões de diabéticos e hipertensos receberam medicamentos de graça.
“Em janeiro deste ano, 850 mil pessoas compraram remédios para diabetes e para pressão alta nas farmácias do governo e na rede “Aqui tem Farmácia Popular”. Naquela época, Luciano [Seixas, apresentador], o governo dava um bom desconto e o paciente pagava uma parte do preço do remédio. Em fevereiro, nós começamos a distribuir os remédios de graça e, a partir daí, um número muito maior de pessoas passou a ter acesso a esses medicamentos”.
Sobre as farmácias credenciadas, a presidenta Dilma disse que, no Brasil, há atualmente 20 mil estabelecimentos em 3 mil municípios brasileiros; no início do ano eram 15 mil. O foco do atendimento, segundo ela, são as cidades mais pobres, onde a rede “Aqui tem Farmácia Popular” já chegou a 70% delas.

Dilma Rousseff falou também sobre as medidas que o governo tem adotado para enfrentar a questão da falta de médicos, uma vez que o número de formandos é aquém do necessário para atender a população. Uma dessas ações é a abertura de 4,5 mil vagas em cursos de Medicina, com foco nas cidades do interior. Outra estratégia apresentada pela presidenta é o incentivo para que os médicos recém-formados prestem serviços em postos e centros de saúde públicos. Com isso, o recém-formado que trabalhar em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) terá sua dívida do Financiamento Estudantil reduzida.
“Um dos maiores objetivos do meu governo é fazer com que a qualidade de atendimento do Sistema Único de Saúde seja igual àquela praticada, por exemplo, nos grandes hospitais privados do nosso país. Vamos garantir atendimento humano e de qualidade, e isso é um compromisso a ser buscado todos os dias”.

Fonte: Blog do Planalto

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Economia do país cresce 0,8% no 2º trimestre, diz IBGE

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro registrou aumento de 0 8% no segundo trimestre deste ano ante o trimestre imediatamente anterior, segundo divulgou nsta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou dentro do intervalo das estimativas dos analistas consultados pela Agência Estado, que iam de uma expansão de 0,35% a uma alta de 1,10%, e ficou em cima da mediana projetada, de 0,80%.


Na comparação com o segundo trimestre de 2010, o PIB apresentou alta de 3,1% no trimestre passado. As estimativas da Agência Estado para essa base de comparação variavam de expansão de 2 70% a 3,80%, com mediana de 3,20%.

No acumulado do primeiro semestre de 2011, o PIB brasileiro cresceu 3,6% em relação ao primeiro semestre de 2010.

Ainda segundo o IBGE, o PIB do segundo trimestre deste ano em valores correntes somou R$ 1,021 trilhão.

Fonte: Agência Estado 

ONU procura candidatos a carreiras de servidores públicos internacionais

A Organização das Nações Unidas (ONU) está procurando candidatos qualificados que estejam prontos para começar suas carreiras de servidores públicos internacionais.

O Programa Jovens Profissionais do Secretariado das Nações Unidas (Young Professionals Programme), iniciativa de recrutamento que busca atrair novos talentos para a organização por meio de um exame de admissão, está com inscrições abertas até 10 de setembro.
As inscrições constituem etapa prévia para concurso de provas que se realizará no dia 7 de dezembro.
O concurso se insere no esforço de aumentar a participação de nacionais de países atualmente subrepresentados na organização, como é o caso do Brasil.
Segundo o Secretariado da ONU, as vagas existentes são para o Departamento de Administração e distribuem-se entre os grupos ocupacionais de Administração, Estatística, Informação Pública e Assuntos Humanitários.
Conforme os critérios da organização, os candidatos devem ter graduação universitária, ter no máximo 32 anos, falar inglês ou francês fluente e ser nacional de um país atualmente subrepresentado na organização.
A organização informa, ademais, que, na hipótese de o número de inscritos ser muito grande, as Nações Unidas poderão promover seleção prévia à prova escrita, com base em diplomas de pós-graduação, experiência profissional anterior e conhecimento de outras línguas oficiais da ONU.
Mais informações poderão ser obtidas no site de inscrição:https://careers.un.org/ypp.

Fonte: Ministério das Relações Internacionais

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Rodas, arquitetura, bebida, poesias e contos perversos em um mesmo lugar


A revista Sobre Rodas chega à terceira edição com novidades. Ganhou mais quatro colunistas. Além dos tradicionais assuntos voltados aos automóveis, motos, bicicletas e caminhões, envolvendo lançamentos, acessórios e raridades, trará outros temas tão interessantes quanto esses.

Gustavo Martins, um publicitário apaixonado por motos, paulista, mas radicado em Curitiba, passa a ser colaborador desta publicação a partir deste mês. Ele escreve ‘contos perversos’. Com isso, a Sobre Rodas ganha novas rodovias e avenidas, na capital paranaense.

Outra nova colaboradora é a arquiteta Shirley Campos. Todo mês mostrará ao público o que há de novo no mundo da arquitetura.

O médico Omar Ellakkis, amante da poesia, tentará mudar alguns paradigmas publicando seus poemas.

Para completar nossa carga, o jornalista e especialista em vinhos e carros João Coelho Queiroz compartilhará com os leitores um pouco sobre esta bebida tão fina e elegante.

Essas novas colunas demonstram que quem anda sobre rodas também aprecia arquitetura, boas bebidas e contos picantes.

Os nossos fiéis colaboradores continuam revelando suas opiniões sobre o mundo das rodas. Algumas delas causaram polêmica.

A Sobre Rodas também conta, agora, com um canal direto com os seus leitores: www.revistasobrerodas.com.br. Utilize-o sem moderação.

Banco de dados facilitará cooperação entre países na área de saúde


Uma plataforma eletrônica na página do Fundo de Populações das Nações Unidas (Unfpa) facilitará a cooperação técnica na área de saúde entre os 12 países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), entre eles Colômbia, Suriname, Uruguai e Equador.
 
O banco de dados está sendo elaborado por técnicos dos Ministérios da Saúde desses países, numa oficina realizada no Centro de Treinamento da Itaipu, desde quarta-feira (31). A reunião encerra nesta sexta-feira (2).

A técnica de cooperação institucional da assessoria internacional do Ministério da Saúde do Brasil, Lícia Lemos, diz que o objetivo é reduzir a burocracia no atendimento e evitar duplicidade de atendimentos. “Hoje, tudo é feito com documentos impressos que passam por vários setores. Com a plataforma, boa parte do serviço será digital”, explica.
 
No banco de dados, todos os integrantes da Unasul preencherão suas necessidades de atendimento e, ao mesmo tempo, em quais áreas podem auxiliar outras nações.
 
O Brasil, por exemplo, é referência em Banco de Leite Humano. Outros países, que precisam de auxílio para implantar este tipo de sistema, poderão buscar ajuda brasileira. O Chile tem experiência em desastres como terremotos, conhecimento que também poderá ser compartilhado. “Essas e, outras informações, estarão dispostas na plataforma. Bastará ao técnico olhar quem oferece e quem precisa do serviço”, diz Lícia.

Para o assessor de Cooperação Internacional do Ministério da Saúde do Brasil, Renato Ferraz, um dos principais problemas no modelo atual é a duplicidade de pedidos e respostas para ajuda. “No caso da dengue, vários países oferecem cooperação. Com isso, hoje, há duplicidade no atendimento, o que não precisaria ocorrer”, afirma.
 
A oficina definirá ainda os detalhes do Fórum de Cooperação Internacional em Saúde, previsto para ocorrer entre 23 a 25 de novembro na cidade do Rio de Janeiro. Durante o Fórum será escrita uma carta de recomendações, diretrizes e compromissos assinada pelos 12 países da Unasul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.
 
A reunião está sendo realizada em Itaipu por dois motivos: por se tratar de uma empresa binacional e por contar com uma grande experiência na articulação e cooperação entre três países, devido ao Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu-Saúde).

Fonte: JIE

Medicina: Joel acompanha audiências na Casa Civil


O assistente do diretor-geral da Itaipu  Joel de Lima, participou, na terça-feira (30), em Brasília, acompanhado de lideranças da região Oeste do Paraná de audiências na Casa Civil da Presidência da República. O grupo foi recebido pela Ministra Gleisi Hoffmann e pelo chefe de gabinete do ministério, Carlos Carboni.

Participaram da comitiva, entre outras autoridades, o presidente da Associação de Municípios da Região Oeste do Paraná (Amop), Eliezer Fontana, que é prefeito de Corbélia; o prefeito de Anahy, Joacir Lazaretti; e o reitor da Unioeste, Alcibíades Luiz Orlando.

De acordo com Joel, a ministra acatou uma das principais reivindicações do grupo. "Ela encaminhará aos Ministérios da Saúde e Educação a solicitação de liberação de recursos no valor de R$ 15 milhões para implantação do curso de medicina nos campis da Unioeste de Foz do Iguaçu e Francisco Beltrão. Do total, R$ 12 milhões serão investidos em Francisco Beltrão e R$ 3 milhões em Foz do Iguaçu", explicou.


Atualmente, a região conta com apenas dois cursos de Medicina, ambos em Cascavel, um privado e outro mantido pela própria Unioeste.

Gleisi anunciou ainda a reforma emergencial na BR-163, no trecho entre Cascavel e Marmeleiro. A ordem de serviço seria assinada ainda nesta semana pelo superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit), José da Silva Tiago.

As péssimas condições da estrada têm provocado acidentes e atrasado o escoamento da safra agrícola. “Sabemos que a rodovia encontra-se em precário estado de conservação e por isso o governo federal está empenhado em ver essa obra iniciada o quanto antes”, afirmou o chefe de gabinete da ministra, Carlos Carboni.