quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Oficina fará diagnóstico da Saúde do Homem na Fronteira

O Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde) promove nesta quinta e sexta-feira, no Centro de Treinamento da Usina, a Oficina “Saúde do Homem na Tríplice Fronteira”, com início às 9h.

Representantes do Brasil, Paraguai e Argentina apresentarão um diagnóstico da situação da Saúde no Homem nos três países.

Os motivos pelos quais os homens buscam menos as unidades de saúde que as mulheres e estatísticas de acidentes de trabalho envolvendo o público masculino também serão apresentadas no evento. Ainda, uma proposta para melhorar a qualidade de vida dos homens na região.

Rubens Bendlin, coordenador de política de saúde do idoso e do homem da Secretaria de Estado de Saúde, adianta que embora há dois anos, no Brasil, o Ministério da Saúde tenha criado a Política Nacional de Saúde do Homem, há poucos resultados positivos, e o número de mortes é alarmante. “Apesar das campanhas de prevenção na mídia, a maioria continua indo ao consultório ou fazendo exames apenas quando está realmente doente”, diz.

De cada três mortes entre adultos de 18 e 59 anos, duas são de homens. O índice é maior na faixa etária entre 18 e 30 anos; de cada cinco óbitos, quatro são do sexo masculino. Outra diferença é a expectativa de vida. Eles vivem em média sete anos menos que as mulheres. “Eles precisam aprender a se cuidar”, alerta

O panorama não é muito diferente nos países vizinhos: No Paraguai e na Argentina os homens vivem seis anos menos.


Vote Cataratas para uma das 7 maravilhas da Natureza

Faltam poucos dias para terminar o concurso mundial que escolherá as novas 7 maravilhas da natureza. 


As Cataratas do Iguaçu são uma das 28 finalistas. 


Para as belas cachoeiras estar entre as campeãs é preciso do seu voto. 


Pelo celular é fácil, basta enviar SMS para 22.046 com a palavra Cataratas ou acessar o site 


www.votecataratas.com.

Paulo Bernardo contesta denúncia de ajuda à empresa dona de avião em que teria viajado


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, refutou nesta quarta-feira (31) acusações de haver beneficiado com liberação de recursos, na época em que ocupava o Ministério do Planejamento, a empresa responsável pela construção da estrada de contorno de Maringá (PR). Essa empresa possui avião no qual o ministro teria viajado de carona, segundo denúncias publicadas na imprensa.

Ele prestou esclarecimentos sobre o caso, a pedido do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), no início de uma audiência pública sobre o Plano Nacional de Banda Larga promovida pela Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Nunes pediu ao ministro que informasse se havia estado a bordo de um avião pertencente à empresa Sanches Tripoloni e se autorizaria a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a divulgar informações a respeito da suposta viagem.

Em resposta, o ministro afirmou não se recordar se havia ou não viajado no avião de propriedade da empresa, mas concordou com a divulgação dos dados do voo pela Anac. Ele disse que queria aproveitar a ocasião para "contextualizar" a discussão sobre o tema. E relatou que a obra em Maringá foi realizada atendendo a uma emenda parlamentar ao Orçamento da União. Ele contestou "versões plantadas" na imprensa segundo as quais seria o maior interessado na liberação de recursos para a obra.

- No ano passado, andei diversas vezes de carona em aviões. Estão querendo apontar uma relação espúria, como se dissessem que, se liberei a obra, foi para ganhar carona de avião - disse Bernardo.

O senador Alvaro Dias (PSDB-PR) afirmou que a obra em Maringá é "absolutamente necessária e chega com atraso de 20 anos".

Em defesa do ministro, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) observou que Bernardo "mostrou com transparência por que está há tanto tempo no governo". E o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo, afirmou que as declarações do ministro colocam "um ponto final" no debate sobre as denúncias.

Agência Senado

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Dez países debatem Saúde em Foz nesta quarta-feira

Representantes de 10 países da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), entre eles Colômbia, Venezuela, Suriname, Uruguai e Equador, participam desta quarta-feira até sexta-feira, no Centro de Treinamento da Usina de Itaipu, de uma oficina sobre cooperação internacional em saúde. A reunião começa às 9h.

A iniciativa é da Rede Sulamericana de Relacões Internacionais e de Cooperação Internacional em Saúde (Redesul-ORIS), que em 2011 é coordenada pelo Brasil.

Nestes três dias, vão mapear ofertas e demandas capaz de otimizar cooperação na área da saúde.

Foz do Iguaçu foi escolhida para sediar o encontro devido à experiência do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde em articular e propor ações conjuntas entre os países da Tríplice Fronteira.

O embaixador Eduardo Botelho Barbosa, chefe da Assessoria Internacional do Ministério da Saúde, explica que a oficina identificará boas práticas e lições aprendidas em matéria de cooperação técnica entre países do hemisfério sul que possam ser compartilhadas com os demais países da Redesul.

Barbosa lembra que a saúde é muito demandada em termos de cooperação e essa oficina dará subsídio aos técnicos que trabalham com cooperação nos países da Unasul e que sentem necessidade de trocar ideias sobre aspectos técnicos e políticos desse trabalho.

A oficina visa ainda definir os detalhes do Fórum de Cooperação Internacional em Saúde, a ser realizado de 23 a 25 de novembro na cidade do Rio de Janeiro. Durante o Fórum será escrita uma carta de recomendações, diretrizes e compromissos assinada pelos 12 países da Unasul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Medicina em Foz é tema de reunião em Brasília

Joel de Lima e o reitor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Alcebíades Orlando, participam nesta terça-feira , em Brasília, de uma reunião para solicitar agilidade no processo de implantação do curso de medicina em Foz do Iguaçu. A reunião é resultado do "Plano de Expansão da Rede Federal de Ensino".

"Auxiliarei o reitor porque há vários anos discutimos o assunto nas reuniões do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde, também à pedido da Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann", diz Joel. 

Em dezembro, a Itaipu, o governo do Estado do Paraná, a Prefeitura de Foz do Iguaçu e a Fundação de Saúde Itaiguapy assinaram o termo de cooperação para formalizar o curso de Medicina em Foz do Iguaçu.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom Iniciantes termina empatado


Público acompanha disputa no Canal Itaipu: na água, muito equilíbrio entre duas equipes.
  
O Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom Iniciantes terminou, no domingo (28), no Canal Itaipu, de uma forma inusitada: duas equipes tiveram a mesma pontuação final, algo inédito nos últimos 25 anos de competições organizadas pela Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). Com 1.425 pontos,  os times do Instituto Meninos do Lago (Imel), de Foz do Iguaçu, e da Associação Pirajuense de Canoagem (Apen), de Piraju (SP), ficaram rigorosamente empatados.
   

Foram três dias de disputas entre algumas das promessas da canoagem para a Olimpíada de 2016.
  
Na avaliação da CBCa, o equilíbrio veio acompanhado de um bom nível técnico demonstrado pelos iniciantes, a maioria jovens promessas da modalidade para a Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro. “Foi uma das maiores e melhores competições de canoagem das últimas décadas”, disse o superintendente da confederação, Argos Rodrigues.
  
A Associação Primaverense de Canoagem (APC), de Primavera do Leste (MT), ficou com o terceiro lugar, com 250 pontos.
  

Competição reuniu 150 atletas, entre 10 e 19 anos.
   
No quadro de medalhas, os canoístas do Imel conquistaram 9 ouros, 7 pratas e 7 bronzes; os da Apen ficaram com 9 ouros, 9 pratas e 3 bronzes; e os da APC garantiram 1 ouro, 1 prata e 4 bronzes.
   


Segundo Gládis Mirtha Baez (centro baixo), o resultado do Meninos do Lago vai muito além do demonstrado na água.
    Para Gládis Mirtha Baez, coordenadora do Programa de Proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA), da Itaipu, o resultado na água foi surpreendente e pode ser avaliado pela boa pontuação conquistada pelos jovens atletas iguaçuenses. Mas, segundo ela, ainda há um outro resultado não mensurado pela classificação final. “Esses meninos e meninas treinam durante horas, todos os dias. Quando estão com seus barcos, aprendem lições importantes, como cidadania e respeito ao meio ambiente”, disse.
   

Wallan e Welton Patrick de Carvalho: gêmeos entrosados conquistaram ouro na C2.
  
O momento da premiação, às 14h, logo após a final, foi aguardado com muita expectativa e em clima de festa. Os gêmeos Wallan e Welton Patrick de Carvalho, de 13 anos, do Imel, confirmaram o favoritismo. Eles levaram ouro na modalidade Canoa dupla (C2), e disseram aproveitar de uma proximidade que outras duplas não têm. “Gêmeos têm mais sintonia”, afirmou Wallan. Agora a meta dos irmãos é treinar para ser ouro no Campeonato Mundial Junior, em 2015, e nos Jogos de 2016, no Rio.
  
Boa aluna

  

Ana ao lado do pai, Moacir da Costa: a garota de 14 anos dá show na água e na sala de aula.
  
Outra aposta da canoagem de Foz do Iguaçu é Ana Paula da Costa, de 14 anos. A jovem foi ouro em duas categorias: na dupla, ao lado de Maryane dos Santos, e também na Canoa individual (C1). Fora da água ela também dá show. Depois da premiação, Ana Paula recebeu um reconhecimento por tirar a melhor nota da escola onde estuda, com média de 9,6.
  
Moacir da Costa, o pai, é o principal incentivador. Está em todas as disputas e faz questão de ajudar a carregar o barco. “Ela sempre foi uma filha dedicada, mas depois de fazer parte do Meninos do Lago ficou ainda melhor”, disse.
   
Números
  
Durante os três dias de provas nas corredeiras do Canal Itaipu, 191 embarcações, com 150 atletas entre 10 e 19 anos, representaram quatro estados brasileiros: Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo. , enfrentaram as corredeiras do Canal Itaipu.
   
Os medalhistas ainda vão participar de outras três competições, ainda em 2011: Copa Brasil (duas vezes) e o Campeonato Brasileiro.
  
Das quatro equipes, o maior número de canoístas foi do Projeto Meninos do Lago, com 60 adolescentes. 



Confira os medalhistas


Fonte: JIE

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Começa brasileiro de canoagem



Atletasjá estão no Canal Itaipu: promessas de medalhas para o Brasil.
    
Com 150 atletas de várias partes do País, começou nesta sexta-feira (26) o Campeonato Brasileiro de Canoagem Slalom para Iniciantes. As provas serão disputadas até domingo no Canal Itaipu. A abertura oficial da competição ocorreu na quinta-feira, às 17h30, no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu. 
     
Cerca de 150 atletas participaram da abertura oficial da competição, no CRV.
    
A cerimônia contou com a participação do presidente da Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa), João Tomasini Schwertner, do superintendente de Comunicação Social da IB, Gilmar Piolla, do vice-presidente da CBCa, Darci Oberdan, do presidente da Federação Paranaense de Canoagem, Valdeci Fernandes da Cruz, da supervisora do Comitê Olímpico Brasileiro, Berenice Arruda, e da coordenadora do Programa de Proteção à Criança e Adolescente, Gladis Mirtha Baez. 
     
Schwertner, da CBCa, comemorou o grande número de inscritos na competição.
    
Para Schwertner, o grande número de atletas (o maior já registrado na modalidade) é um indicador do crescimento do esporte no País e também sinaliza para o potencial de medalhas olímpicas para o Brasil, no Rio, em 2016. 
     
“Muitos dos que estão aqui vão brigar por vagas na Olimpíada. E acredito que a Canoagem Slalom pode seguir o exemplo da Canoagem de Velocidade, em que temos o campeão mundial Isaquias Queiroz, de apenas 17 anos”, afirmou o presidente da CBCa. Vale lembrar o Slalom e a Velocidade são as duas modalidades olímpicas da canoagem.
    
Piolla também enfatizou o fato de a competição que se inicia no Canal Itaipu conta com a participação dos futuros campeões da modalidade. E destacou também o sucesso do projeto Meninos do Lago, que a CBCa está buscando reproduzir em outras localidades.
     
“Queremos fortalecer ainda mais essa parceria, inclusive com a criação de um Centro de Treinamento em Três Lagos”, adiantou o superintendente.
    
Os 150 atletas são do Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Rio de Janeiro, com idade entre 8 e 23 anos. Além de formar futuros talentos olímpicos, é nesta prova que a CBCa poderá decidir quem representará o Brasil no Campeonato Mundial Júnior e Sub-23 de Canoagem Slalom, em 2015.
     
Competição conta com atletas divididos em categorias até 12 anos, 12 a 14, e 14 a 18.
    
A competição é dividida em faixas etárias – até 12 anos, até 14 anos e até 18 anos. Em cada uma delas, há seis categorias diferentes, separadas pelas modalidades de caiaques (K) e de canoas (C).
    
Na sexta e sábado (26 e 27), as provas ocorrerão das 8h30 às 16h, sempre no Canal Itaipu, considerado um dos melhores da América Latina para a prática destes tipos de esporte. No domingo (28), as provas serão realizadas das 8h30 ao meio-dia.

Fonte: JIE

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Assista ao vídeo de apresentação da Campanha Vote Cataratas


Assista ao filme de apresentação da candidatura das Cataratas do Iguaçu à uma das novas sete maravilhas da natureza. Para votar, envie um SMS com a palavra Cataratas para o número 22046. 

Ou acesse o site www.votecataratas.com

Ano de produção: 2011.

Produção: Vision Art

Patrocinio: Itaipu Binacional

Apoio: Prefeitura de Foz,  Governo do Paraná e Governo Federal

Sábado é dia de Cineclube: Em cartaz “O Dia que durou 21 Anos”

Sábado é dia de Cineclube Cinema Aberto, no Teatro Barracão. O documentário a ser exibibido é “O Dia que durou 21 Anos”, dos realizadores brasileiros Flávio Tavares e Camilo Tavares. Como entrada franca, a partir das 19h, após a exibição do filme haverá um debate, na forma de bate-papo, entre os presentes.

O filme retrata os processos de ruptura de uma ordem social ou política determinada, que não contam com o reclame e a participação efetiva da população, apontando e defendendo as suas demandas, exigem, em geral, a preparação de um ambiente psicológico e um cenário político que permita ou justifique as ações de força implantadas.

É recorrente na história, a incidência de conspirações, armações, mentiras e outras falseações desencadeadas para alterar a roda do mundo, para facilitar o acesso ou promover a permanência ou a ampliação dos privilégios nas mãos de alguns grupos.

O Brasil não passou isento a essas investidas. Na década de 1960, diante do apoio popular ao presidente João Goulart e as movimentações de seu governo ao encontro de reivindicações consideradas progressistas, um golpe militar subtraiu a frágil democracia brasileira e passou a espalhar o terror de estado, a censura e a violência por mais de duas décadas.

A película mostra ainda a participação dos EUA na deposição do presidente brasileiro, comprovada através de diversos documentos, imagens, gravações, depoimentos e outros dados. Retrata como foi possível a criação de um cenário favorável para o golpe de 1º de abril, desde o início da preparação até o momento em que John Kennedy foi informado pelo embaixador de seu país da ação que estava entrando em curso.

CINECLUBE

A sessão gratuita de cinema Cineclube Cinema Aberto é realizada todos os meses pelas instituições culturais iguaçuenes Casa do Teatro, Associação Guatá e Casa da América Latina. Os filmes exibidos abordam a realidade dos países e dos povos latino-americanos.

O encontro propõe a reflexão sobre as obras ou de seus respectivos contextos históricos e culturais, os realizadores do filmes ou ainda a produção cinematográfica situada abaixo da linha do Equador. Participam das sessões do cineclube, estudantes e professores de diferentes instituições universitárias e do ensino médio, jornalistas, artistas, comerciantes e pequenos empresários e integrantes do movimento social local.

O endereço na internet do cineclube é o seguinte: http://cineaberto.wordpress.com/

Antes que ela chegue: GT Saúde prepara campanha contra a dengue


O Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde) começou nesta semana a discutir novas ações de prevenção e combate à dengue na região.  Normalmente, a incidência da doença aumenta no verão e diminui no inverno.
  
Nesta terça-feira, durante a 91ª reunião do Grupo, no CRV da margem direita, Ronaldo Trevisan, do setor de Endemias da 9ª Regional de Saúde, explicou que este ano, o Governo do Estado mudou a metodologia de levantamento do número de casos. 


            

Ronaldo Trevisan explica mudanças na metodologia no levantamento de dados.
  
Antes, a contagem era feita de janeiro a dezembro; agora é de 1º de agosto a 30 de julho. A justificativa, segundo Trevisan, é porque o levantamento começava a ser feito com o número de casos em crescimento e não havia medidas preventivas, só de combate.

 
Desde o início da nova contagem, foram notificados 281 casos no Paraná, nenhum deles por enquanto foi confirmado.

A próxima ação é cobrar de todos os municípios a verificação de índice predial. “Em novembro, todas as cidades do Paraná deverão fazer a aferição”, informou. Com base nesses dados, será possível prever quais regiões correm riscos de uma nova epidemia e agir de forma preventiva.
 
Os municípios com 4% de infestação predial são os mais vulneráveis. Além da dengue, entraram na pauta a realização do 1º Encontro de Idosos da Tríplice Fronteira, e a capacitação para promotores de saúde indígena.
  

Acidentes e violência
Nesta quinta-feira, os profissionais de saúde participam do “Seminário sobre Estratégias para Reduzir Acidentes de Trânsito”. A ideia é chamar a atenção da comunidade para o problema e construir propostas para reduzir esses índices.

Fonte: JIE

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Paulo Bernardo rechaça "ilações" da Época


Paulo_Bernardo
Nota de esclarecimento


Além de totalmente inverídicas, são de grande irresponsabilidade as ilações que tentam fazer sobre meu comportamento como Ministro de Estado e o uso de aeronaves particulares. Esclareço que jamais solicitei ou me foi oferecido qualquer meio de transporte privado em troca de vantagem na administração pública federal.

Em 2010, quando era Ministro do Planejamento, participei, nos fins de semana, feriados e férias, da campanha eleitoral do meu Estado, Paraná. Para isso, utilizávamos aviões fretados pela campanha, o que incluiu aeronaves de várias empresas, que receberam pagamento pelo serviço. Não tenho, porém, condições de lembrar e especificar prefixos e tipos, ou proprietários, dos aviões nas quais voei no período.

Não existe relação entre o exercício do cargo de Ministro do Planejamento e fatos decorrentes da execução de obras públicas no estado do Paraná. Como deputado federal paranaense, nos anos 2003 e 2004, e a pedido do então Prefeito de Maringá, Sílvio Barros, reconhecendo a importância da obra para o Estado, nos empenhamos para obter recursos, através de emenda de bancada.

O Contorno de Maringá foi incluído no PAC – Programa de Aceleração do Crescimento porque preenchia todos os critérios, como importância do projeto para a economia local e para a população. Defendi a inclusão do Contorno de Maringá no PAC, assim como de outras obras prioritárias em outras regiões do país, por uma razão simples: eram importantes para o desenvolvimento daqueles Estados, não porque iriam beneficiar esta ou aquela construtora.

Revista Época

A Revista Época fez nos últimos dois meses, quatro matérias em que cita a mim ou à Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, com insinuações indevidas, algumas de forma absolutamente gratuita, sem me ouvir, como foi o caso da publicada na edição de 20 de junho de 2011, sob o título “Do Pantanal para Campinas”.

Este fato contraria os Princípios Editoriais das Organizações Globo que diz, na seção 2: “correção é aquilo que dá credibilidade ao trabalho jornalístico: nada mais danoso para a reputação de um veículo do que uma reportagem errada ou uma análise feita a partir de dados equivocados”.
Eu fui citado ao lado de uma grande foto, numa matéria totalmente alheia a mim, apenas porque deveria ser uma testemunha a ser ouvida.

Como se não bastasse, seguiram mais três novas matérias: “Os ministros indesejados”, publicada na edição de 10 de julho de 2011 ; “Mudar para ficar tudo igual”, edição de 17 de julho de 2011 e a desta semana “Por que ele não responde?”.

Tanto na matéria “Os Ministros Indesejados” como em “Mudar para ficar tudo igual”, segue um jogo de palavras, sem uma única fonte, com insinuações, sem nenhuma comprovação, expondo um ato legítimo de lutar por recursos para uma obra importante para o Estado, com malfeitos e desvios.
Novamente a Revista contraria outro item importante dos Princípios Editoriais das Organizações Globo que diz no item w da Seção 1: “denúncia anônima não é notícia; é pauta, mesmo se a fonte for uma autoridade pública: a denúncia deve ser investigada à exaustão antes de ser publicada.”

E por fim, quando, por causa dos antecedentes e insinuações colocados pelas reportagens anteriores, julguei desnecessário atender à reportagem da Revista Época, sou surpreendido com a matéria “Por que ele não responde?”, com novas insinuações sobre o uso de aeronaves particulares durante o ano de 2010.

De novo, a Revista contraria aqui os Princípios das Organizações Globo, no item e, da Seção I de que “ninguém pode ser perseguido por se recusar a participar de uma reportagem”.

Quero destacar que estou e sempre estive à disposição do Congresso Nacional para a prestação de quaisquer esclarecimentos que se façam necessários. Defendo, como sempre defendi, o máximo de transparência na utilização do dinheiro público. Considero este o meu dever e minha responsabilidade política.

Fonte: Ministério das Comunicações

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Viaduto é tema de debate na TV


A necessidade de construir viadutos nos cruzamentos das Avenidas Paraná e Costa e Silva que ligam a região Norte ao Centro de Foz do Iguaçu, bem como no trevo do CTG Charrua foi tema de um debate ao vivo na TV, nesta terça-feira.

O Programa Destaque, sob o comando da jornalista Néica Rice, reuniu o chefe do Núcleo de Policiamento, Marcos Pierre da Polícia Rodoviária Federal (PRF); o vereador autor do requerimento José Carlos; o presidente da Associação de Moradores da Vila, Lourival Roman e Joel de Lima, representando a Itaipu Binacional.

Com a participação dos telespectadores, os participantes apresentaram dados inclusive do número de acidentes. Somente no trevo do CTG Charrua foram registrados 14 vítimas com ferimentos este ano, contra 3 em 2010.

Segundo Joel, como já existe um projeto de construção de trincheiras, no valor de R$ 2,5 milhões, a alternativa não é discutir de quem é a responsabilidade da construção, mas de unir forças para resolver o problema. “Quando prefeitura, concessionária e governo do Estado tiverem uma proposta, a Itaipu, com certeza, será parceira como nas outras dezenas de obras em andamento no Município e na Região”.

Para Joel, a construção do viaduto ou da trincheira devem estar entre as prioridades da cidade, pois, com o aumento da população - impulsionada pelas instituições de ensino como Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Instituto Federal do Paraná e o turismo -, o problema tende a ficar cada vez mais grave.

GT saúde se reúne pela 91a vez


Representantes das três esferas de governo do Brasil, Paraguai e Argentina participam da 91a reunião do Grupo de Trabalho Itaipu –Saúde (GT Itaipu Saúde), no Centro de Recepção de Visitantes da margem paraguaia de Usina de Itaipu.  

Entre os temas a ser debatidos nesta terça-feira, 23, a elaboração do 1º Encontro de Idosos da Tríplice Fronteira, em comemoração ao dia mundial do idoso; capacitação para promotores de Saúde Indígena e um diagnóstico sobre a situação da Dengue no Brasil e perspectivas até o final do ano.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Cascavel terá campi do IFPR

Cascavel também terá um campi do Instituto Federal do Paraná (IFPR). O anúncio foi feito pela  presidenta da República, Dilma Rousseff.

Em Cascavel a parceria está bastante adiantada, pois o  Município já fez a doação do terreno para a instalação do campi no mês passado, a área possui 30.888 metros quadrados, e fica na Região Norte da Cidade.

O projeto arquitetônico do campi também está pronto, precisando apenas de alguns ajustes. Serão 6,8 mil metros quadrados de área construída. Os projetos arquitetônicos e complementares foram contratados pela Prefeitura de Cascavel, por meio da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, no valor de R$ 89.640,00.

De acordo com o professor Luís Carlos Eckstein - diretor do IFPR de Foz do Iguaçu, para que os municípios possam construir suas unidades serão destinados R$ 10 milhões pelo governo federal, sendo R$ 7,2 milhões para a construção das sedes e o restante para a aquisição de equipamentos.

“O governo federal já autorizou para Cascavel R$ 1,5 milhão, a ser liberado ainda este ano. Outros R$ 3,6 milhões foram assegurados para 2012. Vamos iniciar a construção de seis salas para garantir o início das aulas já no ano que vem e, na sequência, investir na sede maior”, afirmou Eckstein.

No Paraná, além de Cascavel foram anunciados novos campus para as cidades de Colombo, Capanema, São José dos Pinhais, União da Vitória, Jaguariaíva e Pitanga. Também hoje foram oficializados outros três campus já existentes no Estado, nos municípios de Assis Chateaubriand, Ivaiporã e Campo Largo.

GT Saúde abre vagas para curso sobre “Acidentes de Trânsito”

O Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu Saúde) promove nos dias 24 e 25 de agosto o “Seminário sobre Estratégias para Reduzir Acidentes de Trânsito”, no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu. Interessados em participar podem fazer a inscrição através do e-mail: gtsaude@itaipu.gov.br.

O curso visa chamar a atenção da comunidade sobre o elevado número de acidentes de trânsito ocorridos na Tríplice Fronteira. Também, construir propostas de ação capaz de reduzir esses índices. “Precisamos desenvolver campanhas em conjunto. Os números são alarmantes”, disse Gustavo Rezende, coordenador regional de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Algumas das sugestões podem ser a implantação de redutores de velocidade, estimular os estudantes a usar a faixa de pedestre e respeitar os sinais de trânsito.

Em 2010, somente em Foz do Iguaçu, o Samu socorreu 1,2 mil vítima de acidentes de moto, carro, caminhão ou bicicleta. O volume de atendimentos do Corpo de Bombeiros é ainda maior. Dos 5 mil socorros feitos pelos bombeiros em 2010, 3 mil estavam de alguma forma envolvidos em batidas, colisões ou atropelamentos. “É um tema bastante preocupante, pois, após os traumas, a vítima leva muito tempo pra se recuperar totalmente”, explicou.

Acidentes em todos os locais, mas em Foz e na região da fronteira há um agravante por ter um fluxo atípico. Nas mesmas ruas e avenidas circulam brasileiros, paraguaios e argentinos, cada um com sua cultura e leis diferentes. As vítimas ocupam grande parte dos leitos dos pronto-socorros. A taxa de mortalidade no trânsito na cidade é três vezes superior a média estadual.

Mais informações pelo telefone 3520-5359, com Paula.

Aulas dos cursos à distância do IFPR começam na segunda

Os 200 alunos matriculados nos cinco cursos da modalidade à distância (EAD) do Instituto Federal do Paraná (IFPR), em Foz do Iguaçu, iniciam o ano-letivo nesta segunda-feira, 22. Eles formarão as turmas de técnicos em Reabilitação de Dependentes Químicos, Segurança no Trabalho, Meio Ambiente, Eventos e Logística.

Embora os cursos sejam à distância, as aulas são semipresenciais ao vivo e realizadas na sede do Instituto. Elas ocorrerão através de videoconferência, mas haverá sempre um monitor em sala para auxiliar os alunos.

Com mais estes estudantes, o IFPR inicia o semestre com 650 estudantes divididos em nove cursos técnicos presenciais e à distância. O número é quase três vezes maior se comparado a 2009, primeiro ano do instituto em Foz. Contudo, a meta é atingir 2,5 mil alunos.

Segundo o diretor-geral do Campus, Luiz Carlos Eckstein, o aumento no número de alunos mostra que as pessoas estão percebendo a necessidade e a importância de ter uma formação técnica. “O IFPR é uma oportunidade de obter uma certificação de uma instituição federal e de graça”, explicou. Para o diretor, o papel do Instituto é qualificar cidadãos para atuar nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Vamos eleger as Cataratas como uma das sete maravilhas da natureza

As Cataratas do Iguaçu - considerado o maior conjunto de quedas d´água do mundo - podem ser eleitas uma das sete maravilhas da natureza. Para isso, precisa da colaboração de cada brasileiro e também dos argentinos, já que as cachoeiras estão presentes no Brasil e na Argentina.
 
A votação pode ser pela internet através do site http://www.votecataratas.com/; nos postos de votação intalados no Parque Nacional e Itaipu Binacionl ou através de SMS. Basta mandar um torpedo com a palavra "Cataratas" para 22.046, até novembro. Estão na disputa 28 destinos.

A Itaipu Biancional e parceiros apresentaram à imprensa o material de divulgação da última fase nesta sexta-feita, no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu.

Assista ao vídeo

Joel de Lima: curso de Medicina em Foz volta a ser pauta

Expansão de rede de ensino integra política para desenvolvimento regional e erradicação da miséria 
Joel de Lima e o reitor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), Alcebíades Orlando, participam no dia 30, em Brasília, de uma reunião para solicitar agilidade no processo de implantação do curso de medicina em Foz do Iguaçu.

"Auxiliarei o reitor porque há vários anos discutimos o assunto nas reuniões do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde, também à pedido da Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann", diz. 

Em dezembro, a Itaipu, o governo do Estado do Paraná, a Prefeitura de Foz do Iguaçu e a Fundação de Saúde Itaiguapy assinaram o termo de cooperação para formalizar o curso de Medicina em Foz do Iguaçu.

A reunião é resultado do "Plano de Expansão da Rede Federal de Ensino".

A interiorização do desenvolvimento econômico e social é o principal norteador da terceira fase de expansão da rede de ensino e pesquisa federal, que deverá abrir 250 mil vagas de ingresso nas universidades federais e de 600 mil matrículas nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, em 2014.

Além de democratizar o acesso ao conhecimento, os projetos estão integrados aos Arranjos Produtivos Locais e aos grandes investimentos industriais e de infraestrutura, de modo a qualificar profissionais e desenvolver tecnologias necessárias ao progresso com distribuição de renda. 

Do ponto de vista da erradicação da miséria, a escolha dos locais procurou responder à injustiça histórica, que manteve grandes áreas do País sem desenvolvimento econômico. Ao critério de espalhar as unidades de acordo com a divisão regional, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram adicionados outros dois: combater a formação de grandes cidades dormitórios e atender às regiões rurais de menor desenvolvimento humano. Neste sentido, foram contempladas 83 das 103 cidades com mais de 80 mil habitantes e menos de R$ 1 mil de investimento per capita por ano; e apenas 3 dos 120 Territórios da Cidadania não receberam um instituto ou universidade porque não têm a densidade demográfica que justificasse o investimento.

Outros critérios de escolha foram os baixos índices de desenvolvimento da educação básica (Ideb) e a porcentagem de jovens de 14 a 18 anos nas séries finais do ensino fundamental.
Foram considerados também a alta porcentagem de extrema pobreza e o objetivo de atender municípios ou microrregiões com população acima de 50 mil habitantes. O plano leva em consideração ainda a meta de atender a todas as mesorregiões brasileiras com ao menos uma unidade de ensino federal.

Números – A União vai investir cerca de R$ 7 milhões por unidade de educação profissional e R$ 14 milhões no caso de campus universitário. O plano de expansão prevê a criação de quatro universidades federais, a abertura de 47 campi universitários e 208 unidades dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, construídos em parceria com as prefeituras que doam os terrenos.

Até 2012, a meta é concluir 20 campi universitários em oito estados e 88 unidades de institutos federais em 25 estados e o Distrito Federal. A previsão para as demais unidades é até o final de 2014.
O plano implicou a criação de quatro novas universidades, sendo duas na Bahia e as outras no Pará e no Ceará.

Os detalhes do perfil econômico e social das regiões atendidas podem ser verificados em  base de dados do Ministério da Educação.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Dilma Rousseff: “Vocês têm em mim uma presidenta Margarida como vocês”

Brasília foi palco, nesta terça-feira (17/8), de um dia que entrará para a história do país: o encontro da primeira presidenta mulher com cerca de 100 mil trabalhadoras rurais, que marcharam à capital federal em busca de justiça social e equidade de gênero. Ao participar da cerimônia de encerramento da Marcha das Margaridas 2011, a presidenta Dilma Rousseff divulgou uma série de conquistas alcançadas pelas trabalhadoras rurais a partir de negociações com o governo federal.

Os ganhos das trabalhadoras envolvem ações na área da saúde, educação, segurança, geração de renda, acesso à terra e crédito rural e erradicação da miséria, entre outras. O resultado das mesas de negociação foi reunido em um caderno resposta, que a presidenta Dilma fez questão de entregar pessoalmente às Margaridas na solenidade de encerramento da Marcha.
“Minhas queridas Margaridas, hoje estou aqui para dizer que a Marcha de vocês me toca e me emociona profundamente, não apenas como presidenta da República, mas como mulher e cidadã (…), e para reconhecer que muitas das demandas de vocês foram acatadas (…). O principal resultado é a continuidade do diálogo e do respeito entre vocês e o governo federal, iniciados pelo presidente Lula. Me comprometo a dar continuidade a esse diálogo respeitoso e companheiro e a ampliar o atendimento às justas reivindicações das trabalhadoras rurais”, disse a presidenta, ao iniciar seu discurso.
Entre as medidas anunciadas, a presidenta destacou a construção de 16 unidades básicas de saúde fluviais e de 10 centros de referência em saúde do trabalho voltados para o campo e floresta até 2012; um plano integrado em saúde para trabalhadores do campo e da floresta; o aumento do limite de venda da agricultura familiar para fornecimento da merenda escolar, de modo a atingir, ainda em 2011, os 30% de compra direta do governo à agricultura familiar previstos na lei; a inserção da Produção Agroecológica Integrada Sustentável (PAIS) no Plano Brasil sem Miséria e aumento da dotação orçamentária do programa; ampliação do crédito rural, com elevação da participação da mulher e linha exclusiva às trabalhadoras; ampliação do acesso à creche e expansão da rede escolar na zona rural, entre outros.
A presidenta também chamou a atenção para um plano de enfrentamento à violência contra a mulher do campo, a implantação de programa de documentação civil na Amazônia, com foco na mulher, a instituição de grupo de trabalho para elaboração, com a participação da sociedade civil, de um programa nacional de agroecologia e o início de um diagnóstico de todos os assentamentos rurais no Brasil, para “definir como encaminhar a questão do acesso à terra daqui por diante”.
“Eu quero intensificar o diálogo do governo com vocês. Tenho certeza de que o debate com os movimentos sociais é fundamental. E tenho certeza de que as críticas e as sugestões são essenciais e muito bem vindas, pois permitem que façamos cada vez melhor, que possamos, juntas, construir o Brasil que queremos: um país sem miséria, um país rico (…) e um país mais justo e menos desigual”, concluiu.
Ouça abaixo íntegra do discurso da presidenta Dilma Rousseff:

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

CBN: Joel de Lima fala sobre Prêmio Betinho

O jornalista da Rádio CBN, em Foz, Luís Henrique Scheffer entrevista Joel de Lima, assistente do diretor-geral da Itaipu, sobre a indicação de três iguaçuenses ao Prêmio Betinho de boas práticas sociais.

Escute a entrevista na íntegra

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Conferência aprova a ampliação do acesso à cultura à infância e à juventude

Espetáculo “Sonhos” marcou a abertura da VI Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente

A cultura entendida com um bem social básico, assim como é a educação, a saúde e outros direitos essenciais para as pessoas. Esta foi uma das resoluções da VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizada no final de semana em Foz do Iguaçu e contou a presença de cerca de 300 pessoas, a maioria formada de adolescentes.

Os participantes do encontro que define a política de proteção e de promoção da infância, para o período de dois anos, acolheram a proposta apresentada pelos integrantes do projeto Plugado!, iniciativa de arte, cultura e educação desenvolvida no município.

A medida define a destinação de 2% do orçamento municipal para a cultura, por meio da efetivação do fundo específico para o segmento e que pelo menos 50% destes recursos sejam destinados para o financiamento de projetos artísticos e culturais dirigidos a crianças, adolescentes e jovens.

Como isso, busca-se garantir mecanismos orçamentários capaz de possibilitar a produção cultural local e, ao mesmo tempo, contemplar o preceito legal que define a criança e o adolescente como prioridades na aplicação das políticas públicas.

Conferência


A proposta reúne, ainda, as ações a serem desenvolvidas, como a criação de mecanismos de representação, participação e de controle da população juvenil quanto às políticas culturais, o incentivo a coletivos, fóruns e outros espaços de debate e de articulação de adolescentes em torno das atividades culturais e a constituição de programas de protagonismo juvenil por meio da cultura.

A Conferência apresentou ainda demandas mais específicas para o setor, como a aquisição de equipamentos musicais, a melhor utilização de espaços públicos para a prática artística, a qualificação de artistas, o financiamento de eventos, entre outras.

Outro resultado importante surgido do encontro trata da implantação do Orçamento da Criança e do Adolescente (OCA) no âmbito da administração municipal, pelo qual os gestores públicos devem expressar, de forma clara e objetivo, como o orçamento garante as demandas destinadas a crianças e adolescentes. Alguns órgãos de controle, como tribunais de contas, já estão considerando o OCA durante os processos de análise e de aprovação das contas públicas.

A resolução da VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente será publicada no Diário Oficial do Município. O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) fará o encaminhamento das propostas afins para cada secretaria ou órgão, para a devida execução dos serviços.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Prêmio Betinho: Ajude a eleger os iguaçuenses

O secretário executivo do Coep – Rede Nacional de Mobilização Social- em Foz do Iguaçu, Joel de Lima, participou do Programa Destaque, da Rede Massa, e gravou entrevista para o Paraná TV, da RPC, nesta segunda-feira. Na foto, o repórter Caio Vasquez entrevista Joel.
Ele pede para a população ajudar a eleger um dos três iguaçuenses que concorrem ao Prêmio Betinho - Atitude Cidadã. Segundo Joel, Arinha Rocha, Célia Arantes e Hélio Cândido do Carmo são pessoas diferentes, mas cada uma, a seu modo, dedica seu trabalho para melhorar a qualidade de vida de pessoas mais carentes.
O Prêmio, promovido  desde 2008, valoriza pessoas que se mobilizam de diversas formas, em todo o país, para melhorar as condições de vida de comunidades onde estão inseridas. Em 2009, o Pe. Giuliano Inzis da Sociedade Civil Nossa Senhora Aparecida (SCNSA) foi premiado por ter ajudado a transformar o Bairro Porto Meira.
Os três candidatos foram indicados pelo escritório municipal do Coep para representar a cidade, entretanto, dependem da ajuda dos demais iguaçuenses para conquistar o título de brasileiro que participa ativamente da sociedade onde vive, transforma a realidade e faz a diferença.
Votação

A eleição é  feita somente pela internet através do site do Coep (Clique e vote), até 20 de novembro. Arinha, Célia e Hélio concorrem em duas fases: estadual e nacional.

Na regional, concorrem com outros 12 indicados: de Londrina, Curitiba e Ponta Grossa. Na nacional, os representantes da cidade concorrem com 66 candidatos, de 29 cidades das regiões Centro-Oeste,
Nordeste, Norte, Sul e Sudeste do Brasil.

Em 2008, o Prêmio Betinho recebeu 17 mil votos e 33 vencedores; em 2009 foram 78.000 votos e 32 vencedores. No ano passado, registrou 56.000 votos e o título foi entregue a 33 brasileiros.

Conheça os candidatos

Paralisia: Não esqueça de vacinar as crianças

Crianças com menos de cinco anos que não tomaram a segunda dose contra a paralisia infantil, ainda podem ir aos postos de vacinação de Foz do Iguaçu até sexta-feira (19). No dia “D” da campanha que aconteceu no último sábado, 15.025 crianças foram vacinadas no município, 72% do total do público alvo da campanha. Já a vacinação contra o sarampo atingiu apenas 7.835, de um universo de 27.580 a serem vacinadas.

Pagamento da restituição do 3º lote do IR 2011 começa nesta segunda

A Secretaria da Receita Federal começa a pagar, nesta segunda-feira (15), as restituições dos cerca de 1,77 milhão de contribuintes incluídos no terceiro lote do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011. O novo conjunto de pagamentos trará R$ 1,69 bilhão em restituições.

Desse montante, 29.372 referem-se a contribuintes com mais de 60 anos, que têm prioridade por conta do Estatuto do Idoso, totalizando R$ 66,89 milhões. Nesta segunda, também serão pagas as restituições de lotes residuais referentes a 2010, 2009 e 2008.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone 146. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

Fonte: G1

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Três iguaçuenses concorrem ao Prêmio Betinho

Três iguaçuenses: Arinha Rocha, Célia Arantes de Souza Barbado e Hélio Candido do Carmo têm a chance de receber o Prêmio Betinho – Atitude Cidadã. Promovido desde 2008, valoriza pessoas que se mobilizam de diversas formas, em todo o país, para melhorar as condições de vida de comunidades onde estão inseridas.

Em 2009, o Pe. Giuliano Inzis da Sociedade Civil Nossa Senhora Aparecida (SCNSA) foi premiado por ter ajudado a transformar o Bairro Porto Meira.

Os candidatos foram indicados pelo escritório municipal do Coep – Rede Nacional de Mobilização Social - para representar a cidade, entretanto, dependem da ajuda dos demais iguaçuenses para conquistar o título de brasileiro que participa ativamente da sociedade onde vive, transforma a realidade e faz a diferença.

“São pessoas diferentes, mas cada uma, a seu modo, dedica seu trabalho para melhorar a qualidade de vida de pessoas mais carentes”, afirma o secretário executivo do Coep municipal, Joel de Lima.

Para ele, independente de quem vença a disputa, será uma conquista de Foz do Iguaçu. “É um concurso nacional, por isso, uma forma de divulgar ações positivas realizadas no município. Uma oportunidade de mostrar ao país quanto Foz está avançando no que diz respeito à construção de um país sem pobreza”, destaca.

Votação

A eleição será feita somente pela internet através do site do Coep (Clique e vote), até 20 de novembro. Arinha, Célia e Hélio concorrem em duas fases: estadual e nacional.

Na regional, concorrem com outros 12 indicados: de Londrina, Curitiba e Ponta Grossa. Na nacional, os representantes da cidade concorrem com 66 candidatos, de 29 cidades das regiões Centro-Oeste,
Nordeste, Norte, Sul e Sudeste do Brasil.

Em 2008, o Prêmio Betinho recebeu 17 mil votos e 33 vencedores; em 2009 foram 78.000 votos e 32 vencedores. No ano passado, registrou 56.000 votos e o título foi entregue a 33 brasileiros.

Conheça os candidatos

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Concurso vai premiar fotos sobre turismo e cultura

Que tal deixar a criatividade solta, tirar umas fotos bacanas e ainda ser premiado? Participe do Concurso Fotos do Iguaçu, lançado nesta segunda-feira, 8, como parte das atividades da Semana Mundial de Turismo. A ideia é mostrar como o turismo une as pessoas através de arte, cultura, folclore, belezas naturais e de tantas outras formas.

O objetivo, além de mostrar o seu jeito de ver a relação do turismo e cultura, é valorizar a identidade da região trinacional (Brasil, Paraguai e Argentina). A intenção é provocar a preservação e promoção das culturas em todas as suas formas.

Assista ao vídeo promocional em www.youtube.com/watch?v=JQLlVoeb-Z0.

Podem participar fotógrafos amadores de Foz do Iguaçu, Ciudad Del Este, Puerto Iguazu e de todas as cidades que integram o programa Caminhos do Lago de Itaipu e o entorno do Parque Nacional do Iguaçu. As inscrições já estão abertas e encerram em 20 de setembro.

Cada participante pode enviar até três fotos, que devem, obrigatoriamente, retratar cenas da região trinacional e dos municípios que compõem o programa  Caminhos ao Lago de Itaipu e o entorno do PNI.
Todas as fotos devem ser acompanhadas por um título e uma breve descrição, de ate 250 caracteres.
Não é cobrada nenhuma taxa de inscrição. Para enviar a foto, é só preencher a ficha. As imagens devem ter alta resolução em jpeg, gif ou png. A largura mínima é 800 x 600 pixels de altura e não deve ter mais de 5MB. Para saber mais sobre o Concurso Fotos do Iguaçu, acesse o site www.fotosdoiguacu.com.br.

Prêmios 

As melhores fotografias terão a seguinte premiação: 1º lugar ganhará um final de semana num hotel em grande estilo, com direito a acompanhante; 2º) passeio completo no Parque Nacional do Iguaçu; 3º) smartphone; 4º) máquina fotográfica digital; 5º) um jantar/almoço com direito a acompanhante;
Do sexto ao décimo colocado receberá um livro "Meu Vizinho, o Parque Nacional do Iguaçu", de Maros Sá Corrêa e Lorenzo Aldé. Os 100 primeiros inscritos ganharão automaticamente um ingresso para o show Luis Fernando & Zé Miguel, que será realizado no dia 24 de setembro, na Ono Teatro Bar. O resultado será divulgado durante a Semana Mundial de Turismo, em 27 de setembro.

Organização
A promoção é do Conselho Municipal de Turismo, com realização do Iguassu Convention & Visitors Bureau e Fórum de Turismo Sustentável Cataratas e Caminhos. Patrocinam a iniciativa o Hotel Viale Cataratas, Nave Shop, Ono Teatro Bar e Restaurante Porto Canoas.
O concurso tem parceria do SEBRAE e da Fundação Parque Tecnológico de Itaipu, através do programa Ñandeva, que tem como missão a valorização da identidade cultural da região.  E tem apoio do Parque Nacional do Iguaçu, Foz do Iguaçu Destino do Mundo, Secretarias Estadual e Municipal de Turismo, além do Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Valor de palestra de Lula causa ciumeira em FHC



A carreira do presidente Lula como palestrante vai de vento em popa. Ele começou o ano cobrando US$ 200 mil por participação em evento e já subiu para US$ 300 mil líquidos. FHC – doutor, catedrático da USP e ex-professor da Sorbonne – cobra US$ 150 mil. Lula já deu 15 palestras este ano, aponta O Globo. Ao cobrar o mesmo valor que Bill Clinton, Lula se transformou no palestrante mais caro do Brasil. 
 
 
 
 
 
 
As informações é da coluna "Notas Políticas" da Gazeta do Povo.

Publicado edital para reforma do Aeroporto de Foz do Iguaçu

O Diário Oficial da União publicou nesta segunda-feira (8) o edital da concorrência nº 009/ADSU-4/SBFI/2011 para a contratação da empresa de engenharia que fará as obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros, via frontal e edificações de apoio do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. O valor das obras está orçado em R$ 66,5 milhões. O início do processo é considerado uma conquista pelo trade turístico de Foz do Iguaçu, que desde 2009 vem se mobilizando para melhorar as condições do terminal.

Ao longo de 2010, dezesseis entidades representativas do Destino Iguaçu produziram um documento que foi enviado ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, e para outros ministros e autoridades, elencando os pontos mais importantes do aeroporto. Com o apoio da senadora e hoje ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o projeto passou a fazer parte do Programa de Aceleração do Crescimento – Fase 2 (PAC 2) do Governo Federal.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Joel é destaque em reportagem da Revista Sobre Rodas

Com o título da reportagem "Por trás de um terno e gravata, um motociclista apaixonado e aventureiro", Joel é destaque da Revista Sobre Rodas de agosto. A matéria fala sobre sua paixão pelo motociclismo desde a infância e conta um pouco das viagens feita com sua moto pela América.


domingo, 7 de agosto de 2011

Cléo Busatto lança “O Fio da História” nesta segunda-feira no Salão do Livro

Considerada uma das maiores escritoras e contadoras de histórias infantis do país, Cléo Busatto conversa com as crianças nesta segunda-feira, às 9h30, no Salão do Livro sobre suas obra “O Fio da História”. O livro pede uma educação de paz.

Nesta segunda-feira, as atividades começam logo pela manhã com o coral da Escola Municipal Adele Zanotto Scalco. Às 9h30 e às 14h tem Cléo Busatto. No inicio da tarde também haverá oficina de psicologia com a professora Noeli.  Às 16h, apresentação da dupla musical da Escola Municipal Jorge Amado e palestra sobre texto dissertativo com Julieta Mendonça. Às 17 horas a Bancada da Fundação Cultural será responsável por animar o público. E a partir das 19h duas palestras: “A importância da História da Formação da Cidadania com Velocino Fernandes e“Jornalismo Cultural”, com Jorge Anthonio e Silva.
 
Final de semana cultural

A festa da literatura de Foz do Iguaçu teve um final de semana recheado de atrações. Foram apresentações musicais, teatrais, contação de história, sessões de autógrafos, cafés literários, palestras e oficinas. 

Embalado por músicas clássicas, Antônio Torres ensinou o público a gostar de ler e escrever crônicas e contos. “Basta sentir o ritmo. Escreva, escreva e na pausa da música, pontue”, explicou.

Para ele, ensinar a escrever não é pegar na mão, mas despertar o gosto. A responsável por Torres ser hoje uma dos maiores escritores brasileiros foi a professora Tereza do primário na escola rural no Nordeste. “Durante uma aula, ela me pediu para ler em voz alta um trecho do romance ‘Iracema”. Naquele dia descobri o sabor das palavras e não parei mais de ler e escrever”, contou.

No entendimento de Torres, a grande técnica é ler o texto em voz alta. “Leia sempre em voz alta. Ou vai morrer de vergonha ou ouvirá os aplausos”.

Cláudia Furiati e a experiência em Cuba

A jornalista Cláudia Furiati contou a experiência de ter vivido 14 anos meses em Cuba para escrever a obra “ZR: O Rifle que matou Kennedy”. O livro fala sobre o atentado de Dallas, até hoje nunca desvendado. Revela o autor e os executores do assassinato, como e por que a CIA, a contra-revolução cubana e a Mafia fabricaram a operação que matou o presidente norte-americano. “Até hoje a história não foi contestada”, contou. O livro foi lançado em 1993, em celebração aos 30 anos do atentado. Agora, ela prepara uma segunda versão para ser relançada em 2013. “Incluirei um depoimento inédito”, revelou.

Os contatos feitos no país garantiram a ela a oportunidade de conhecer Fidel Castro e assim, escrever sua biografia. “Eram informações secretas, antes de me passarem, Fidel precisava aprovar. Com isso, o conheci”, contou.

O livro Zr: O Rifle que matou Kennedy começou a ser escrito a partir de uma reportagem. Ela foi a Cuba investigar o atentado para uma matéria. Ao chegar lá, conseguiu informações inéditas. Uma lista com o nome dos atiradores.  “Com o material inédito nas mãos, resolvi também, a realizar um sonho: escrever um livro”, disse. Durantes os 14 meses, sob proteção do governo cubano, relatou todo o atentado contra o presidente dos Estados Unidos. “Não podia voltar. Tinha informações comprometedoras. Fiquei sob proteção”, disse.

Fotos: Antônio Lopes

sábado, 6 de agosto de 2011

Alcione Araújo: Quem lê tem a chance de viver várias vidas


O escritor, draumaturgo e roteirista, Alcione Araújo ministrou no Salão Internacional do Livro, de Foz do Iguaçu, uma palestra sobre “A Verdade das Mentiras”. Ele destacou quanto os romances - considerados histórias mentirosas -, podem influenciar a vida da pessoa.  Para o autor quem lê, seja um livro, um filme ou uma peça teatral tem a oportunidade não apenas de saber mais, mas viver várias vidas.

Segundo ele, antes mesmo do homem aprender a falar, já tem interesse em histórias inventadas. As mães são as primeiras a contar ao colocar os filhos para dormir.

E dessa necessidade surgiram os romances. “A literatura, o teatro e o cinema oferecem ao homem a oportunidade de sentir as emoções de um marinheiro, de uma prostituta ou de guerreiro, por exemplo”, diz Alcione.

“Quem não lê vive apenas a sua vida. Sem provar os sabores que as mentiras proporcionam”, reforçou. Com isso, tornam-se pessoas preconceituosas. “Sem mergulhar no mundo da literatura, a vida empobrece e o crescimento é pela metade. Não tem fantasia”, frisou Alcione.

Crise

Apesar dos valores que o livro oferece às pessoas, no Brasil a literatura vive uma crise. Há poucos leitores. A população é formada por 190 milhões de brasileiros. Desses 62 milhões estão envolvidos na educação, mas cada romance tem uma tiragem máxima de 3 mil exemplares. “Temos esperança de um dia este quadro mudar. Salões como esse, de incentivo a leitura, podem ajudar a formar novos leitores, principalmente, entre alunos e professores”, completou.

Fotos: Antônio Alves

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Idosos têm lições de vida saudável


Exercício para esquentar a palestra: vida saudável em pauta para os idosos.

Mais de 500 idosos de Foz do Iguaçu receberam, na quinta-feira (4), informações sobre como envelhecer com saúde. O grupo participou no Centro de Convivência do Idoso da palestra “Sensibilização ao Processo de Envelhecimento Ativo”, proferida pelo cardiologista German Pignolo, especialista em envelhecimento.
  
O evento foi organizado pelo Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde (GT-Itaipu Saúde). No dia 17, o mesmo encontro ocorre no Paraguai, no Centro de Recepção de Visitantes (CRV) da Itaipu.
  

Durante uma hora, German mostrou ao grupo a importância de ter hábitos saudáveis como praticar exercícios físicos com frequência, beber água e, principalmente, fazer os exames periódicos. “A prevenção é o melhor remédio, pois evita que algo ruim aconteça”, afirmou.
 
Segundo o médico, cuidados como as visitas periódicas a ginecologistas e urologistas são fundamentais para evitar problemas futuros. “Estes cuidados são necessários porque o corpo humano começa a envelhecer já a partir dos 30 anos: os rins filtram menos, o coração bate de forma mais lenta, ocorre perda da elasticidade e os pulmões também oxigenam menos. Mas as consequências são sentidas a partir dos 60”.
  
Segundo o especialista, no entanto, quem se cuida pode chegar aos 60 ou 80 anos, com uma vida ativa e saudável. “Não basta viver muito, é preciso ter qualidade de vida”, completou.
  
“Esperamos que a palestra tenha sensibilizado o grupo. A meta é reduzir o número de pessoas nas unidades básicas de saúde”, explica Paula Rodrigues Zvir, coordenadora da atividade.


Fonte: JIE

Começa a festa da literatura em Foz do Iguaçu



Milhares de exemplares vendidos a partir de R$ 1: a feira do livro é um dos atrativos mais procurados.
  
Durante dez dias, Foz do Iguaçu será o polo do conhecimento da região oeste do Paraná. Foi aberto oficialmente na noite desta quinta-feira (4) o 4º Salão Internacional do Livro de Foz do Iguaçu, montado na Praça do Mitre. O evento, que vai até o dia 14 deste mês, tem apoio da Itaipu Binacional.
      
A solenidade de abertura teve a presença de escritores, livreiros, artistas, imprensa e autoridades. “Quanto mais leitura, mais consciência e cidadania”, disse o superintendente de Comunicação Social de Itaipu, Gilmar Piolla, que representou a empresa na cerimônia.

  
Para ele, este evento ajuda a mostrar o quanto o município está se transformando em um centro de conhecimento. “Estamos formando Foz um dos maiores polos de ensino do Sul do Brasil”, avaliou o superintendente, em referência ao sucesso do evento e a outras iniciativas como a instalação da Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

    

“O conhecimento é o que há de mais nobre no ser humano e Foz é uma cidade preocupada com a melhoria constante dos níveis educacionais”, afirmou o prefeito Paulo Mac Donald Ghisi.   
Menos de um dia após a abertura, mais de 2.000 pessoas já haviam passado pelo salão na tarde desta sexta, segundo seus organizadores. A maior parte do público era composta por crianças, que receberam vales-livros na rede municipal de ensino.

      
    
Mais popular
   
Os expositores estão otimistas com o novo endereço, transferido da Rua Benjamin Constant para a Praça do Mitre. Segundo o livreiro Claimar Granzotto, a mudança do salão para a praça torna o salão mais popular. “Estamos no meio da praça, onde há um fluxo grande de pessoas. Pais e estudantes passam por aqui diariamente”, disse.

  
Nesta sexta-feira (5), as principais atrações estão relacionadas a dois nomes conhecidos do público brasileiro: o psiquiatra especialista em sexualidade e adolescência, o Jairo Bouer, e o romancista, dramaturgo e roteirista Alcione Araújo.

  
Jairo Bouer conversará com o público sobre “Comportamento do Jovem; Emoções e Riscos” ainda durante a tarde. Às 19h30, Alcione Araújo apresenta a palestra “A verdade das mentiras”, seguida por uma sessão de autógrafos.


Fonte: JIE

Governo lança Programa de Inclusão Produtiva Vida Melhor

A presidenta Dilma Rousseff participou do laçamento do Programa Estadual de Inclusão Produtiva Vida Melhor – Oportunidade para quem mais precisa, em Salvador (BA). O Programa converge com ações do governo federal como o Luz para Todos, Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida e Água para Todos e vai beneficiar, até 2015, cerca de 120 mil famílias em situação de pobreza da área urbana e 280 mil do meio rural da Bahia.
Para as famílias que vivem no campo, o foco do programa é o aumento da produção dos pequenos agricultores, com suporte à comercialização de seus produtos. As três frentes do programa voltadas a essa população se referem à assistência técnica, ao fomento das atividades da agricultura familiar e à promoção dos empreendimentos populares rurais.

Já para as famílias da cidade, as atividades serão focadas no estímulo aos empreendimentos da economia dos setores populares, na qualificação e capacitação de mão de obra e identificação de oportunidades de renda e de trabalho. Algumas das iniciativas são transferência de equipamentos e insumos produtivos; microcrédito assistido; apoio à comercialização e qualificação técnica.

Blog do Planalto

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Escritores iguaçuenses realizam bate-papo no Salão Internacional do Livro

O Salão Internacional do Livro neste ano traz mais uma novidade: a realização de um bate-papo diário, do dia 04 a 14 de agosto, sempre a partir das 18h, com os escritores locais. O encontro acontecerá no stand dos autores de Foz do Iguaçu e tem como objetivo aproximar leitores e escritores iguaçuenses através do bate-papo sobre as obras dos autores que residem na cidade.

Entre os escritores locais que participarão dos bate-papos, estão Nilton Bobato, Mapê Carneiro, Nelson Figueira, Daniela Valiente, Jeane Hanauer, Marinez Rafagnin, Ildo Carbonera, Lyrio Bertoli, Valmir Braga e Nelson Locatelli. Além dos escritores já confirmados, a organização do stand convida os demais autores locais para participarem dos encontros.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Salão Internacional do Livro começa nesta quinta-feira (4)

A partir desta quinta-feira (4) até dia 14 a Praça do Mitre ficará pequena por conta da maratona cultural da 4a edição do Salão Internacional do Livro de Foz do Iguaçu.

A solenidade oficial de abertura está marcada para as 19h com a presença de autoridades locais e estaduais, mas a programação começa logo pela manhã com apresentação de danças, contação de histórias, sarau literário e a abertura da Feira do Livro. São mais de 20 editoras, livrarias, universidades e outras entidades interessadas na difusão das obras literárias dividindo o espaço de quase mil metros quadrados.

Para Sueli Brandão, organizadora do evento, a presença da Unioeste e do Consulado Paraguaio nesta edição fará toda a diferença. Vários professores da instituição como Ildo Carbonera, Mirna Fernandes, Cláudio de Souza e Dulcemara de Melo serão responsáveis por ministrar palestras e apresentar suas publicações durante o Salão do Livro.

Adelino de Souza, diretor-presidente da Fundação Cultural, destaca que a comissão escolheu com muito cuidado cada um dos autores. A proposta é fomentar a cultura e popularizar o livro. “Durante os dez dias de evento, haverá atração para toda a família”, afirma.

Jairo Bouer e Alcione Araújo

Na sexta-feira, as principais atrações do evento ficarão por conta de dois dos maiores nomes da literatura brasileira: Jairo Bouer (à direita e acima) e Alcione Araújo. Às 14h, o psiquiatra especialista em sexualidade e adolescência, Jairo Bouer conversará com o público sobre “Comportamento do Jovem; Emoções e Riscos”.

Às 19h30, o encontro “A verdade das mentiras” será com o romancista, dramaturgo, roteirista de cinema, televisão, cronista e ensaísta Alcione Araújo. Logo depois, ele participa de uma sessão de autógrafos.

Programação do dia 5

9h30 - Palestra: E-Book - Mirna de Oliveira da UNIOESTE
10h30 - Contação de histórias
14h - Palestra: “Comportamento do Jovem; Emoções e Riscos” - Jairo Bouer
18h30 - Orquestra da Fundação Cultural
19h - Bate-Papo: “A Eficácia do Direito a Saúde’’- Allan Weston de Lima Wanderley - Estande da Livraria Kunda
19h30 - Palestra: “A Verdade das Mentiras “ - Alcione Araújo
20h30 - Sessão de Autógrafos com Alcione Araujo
20h30 - Oficina: Pedagogias modernas e contemporâneas - Norma Viapiana
22h – Encerramento

O Salão é promovido pela Fundação Cultural e organizado pelo Instituto da Educação e do Livro, mas conta com apoio da Itaipu Binacional, Universidades e Faculdades da cidade, Ceaec, Secretaria da Educação e Turismo, Núcleo Regional de Educação.

terça-feira, 2 de agosto de 2011

“Essas medidas são o nosso primeiro passo em direção a aumentar a competitividade do Brasil”

Logo após o lançamento do Plano Brasil Maior, nesta terça-feira (2/8), no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff concedeu uma rápida entrevista aos jornalistas. Entre outros temas, ela falou sobre a estratégia brasileira para o enfrentamento à crise econômica internacional e sobre a importância do Brasil Maior. Leia os trechos da entrevista:
Jornalista: De que maneira o Brasil pode enfrentar essa crise [financeira mundial]?
Presidenta Dilma Rousseff: Com essas medidas [contidas no Plano Brasil Maior] e com todas as outras que nós vamos tomar daqui para frente. Nós não temos a pretensão de ter, com essa medida, resolvido os problemas. Essas medidas são o nosso primeiro passo em direção a aumentar a competitividade do Brasil, a partir da inovação, da exigência de agregação de valor e do combate a práticas fraudulentas reais no que se refere à concorrência.
Jornalista: o Supersimples vai sair essa semana?
Presidenta Dilma Rousseff: Não, na outra semana. Na próxima terça-feira, a gente lança o Supersimples [alterações no regime especial de arrecadação de tributos junto a microempresas e empresas de pequeno porte].
Jornalista: E a desoneração da folha, já tem previsão de quando começa?
Presidenta Dilma Rousseff: Não, nós iremos fazer como está lá na proposta. Nós vamos fazer um acompanhamento. Vamos criar uma comissão tripartite – empresários, trabalhadores e o governo – e acompanhar as medidas para nos assegurar, sempre, que não terá efeitos sobre a previdência. Então, isso requer que a gente tenha bom senso e cautela na adoção [das medidas].
Jornalista: A população brasileira está muito preocupada em relação a casos de corrupção.
Presidenta Dilma Rousseff: Nós combateremos sistematicamente. O governo não irá abraçar nenhum caso de corrupção. Mas o governo também não irá se pautar por medidas midiáticas no combate à corrupção. Nós combateremos efetivamente.

Blog do Planalto

Alunos receberão 50 mil vales-livro para trocar na Feira

Os alunos do pré-escolar, das creches e todos os demais matriculados nas escolas públicas municipais, receberão nessa semana vales-livros para trocar durante o IV Salão Internacional do Livro, que vai de 4 a 14 de agosto, na Praça do Mitre.

A prefeitura adquiriu mais de 50 mil exemplares e para incentivar os alunos a conheçam o evento literário, distribuiu o material entre os oito livreiros da cidade que vão expor no salão. Os livreiros ficarão responsáveis pela conversão dos vales em livros.

A ideia é que as crianças visitem a feira com os pais e conheçam outros títulos, além daquele que a Educação vai entregar. O aluno que não for ao salão, poderá retirar o livro na sua unidade escolar após o encerramento do evento.

Contos de fadas

Os livros adquiridos são próprios para as faixas etárias a serem presenteadas. Para os menores, livros de contos de fadas, com narrativas simples e muitas gravuras coloridas. São 44.928 livros com os mais clássicos contos de fadas. Cada aluno do pré ao segundo ano poderá escolher dois títulos. Já os estudantes do terceiro ano vão levar três livros para casa e os matriculados no quarto ano, receberão quatro volumes.

Para os alunos maiores, que frequentam a 4ª e o 5º ano, foram selecionados livros diferentes, mais adequados à suas idades. São histórias mais longas e complexas, com menos ilustrações. As crianças poderão escolher uma entre as 11 opções de enredos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Salão Internacional do Livro começa a ganhar forma

A quarta edição do Salão Internacional do Livro 2011 de Foz do Iguaçu começou a ganhar forma. A estrutura de quase mil metros quadrados está sendo montada pela Fundação Cultural na Praça das Nações, mais conhecida como Praça do Mitre.

Do total, 315 metros quadrados serão utilizados para a Feira do Livro, com mais de 20 expositores, divididos em livrarias, editoras, sebos e universidades. Para as palestras com os autores, a Itaipu Binacional disponibilizou um auditório com capacidade para 100 lugares. Haverá ainda, espaços destinados às sessões de autógrafos, lançamentos de livros, contação de histórias e sala para jornalistas.

Um diferencial será a presença a rede Bookfé. Um local onde os visitantes poderão apreciar um café expresso e, ao mesmo tempo, aproveitar uma boa leitura.

O salão será realizado de 4 a 14 de agosto sempre das 9h às 22h. Haverá atividades para todos os públicos com palestras, bate-papos, apresentações musicais e teatrais.

Para a criançada, histórias infantis com Cléo Busatto. Já para os adultos, uma palestra com Gustavo Martins, sobre “Mini Contos Perversos”.

Na lista, também, outros grandes nomes da literatura nacional e internacional como Carlos Amorim, Domingos Meirelles, Leandro Narloch (2o da Revista Veja), Alcione Araújo, Jairo Bouer e Rogério Bonato.

Outra novidade este ano é as oficinas de contos, poesias, crônicas ministradas por Antônio Torres e Cidinha Hosoya. Também de letra e música, com Ildo Carbonera.

Claudia Furiati, que escreveu a melhor biografia sobre a vida de Fidel Castro “Fidel Castro, uma biografia consentida” também é presença garantida.

Destaque também será a literatura de Cordel, muito presente na novela da Rede Globo, Cordel Encantado, com o poeta e repentista Júnior do Bode.

O Salão é promovido pela Fundação Cultural e realizado pelo Instituto da Educação e do Livro, mas conta com apoio da Itaipu Binacional, Universidades e Faculdades da cidade, Ceaec, Secretaria da Educação e Turismo, Núcleo Regional de Educação, livreiros e outras entidades interessadas na difusão das obras literárias.
Programação
Dia 04/08 - Quinta-feira
9h - Abertura da Feira
9h30 - Apresentação de dança das alunas da Escola Municipal Jardim Naipi
10h - Contação de histórias
14h - Contação de histórias
19h - Solenidade de Abertura do Salão
20h30 - Sarau Literário

Dia 05/08 - Sexta-feira
9h30 - Palestra: E-Book - Mirna de Oliveira da UNIOESTE
10h30 - Contação de histórias
14h - Palestra: “Comportamento do Jovem; Emoções e Riscos” - Jairo Bouer
18h30 - Orquestra da Fundação Cultural
19h - Bate-Papo: “A Eficácia do Direito a Saúde’’- Allan Weston de Lima Wanderley - Estande da livraria Kunda
19h30 - Palestra: “A Verdade das Mentiras “ - Alcione Araújo
20h30 - Sessão de Autógrafos com Alcione Araujo
20h30 - Oficina: Pedagogias modernas e contemporâneas - Norma Viapiana
22h – Encerramento
 
Dia 06/08 - Sábado
9h - Café Literário - Alcione Araújo
9h30 às 12h30 - Oficina Literária - Para Gostar de ler e escrever crônicas - Antonio Torres
14h às 17h - Oficina Literária - Contos - Antônio Torres
15h - Contação de histórias
17h - Encontro de escritores - Pauta - Políticas Públicas da Área do Livro, Leitura e Literatura
Coordenação: Nilton Bobato
18h - Entrega do ’’Prêmio Cataratas de Contos e Poesias’’
19h -’’El conflicctu entre Palestina e Israel’’ - Mário Casartelli - Paraguai
20h -’’Mini Contos Perversos’’- Duda Rangel
20h30 - Musical: Elena Guimarães
22h – Encerramento

Dia 07/08 - Domingo
9h - Apresentações: Orquestra da Fundação Cultural e Show de Capoeira Pedagógica
10h - Panorama Latino-Americano:  Encontro, Bate-Papo e Lançamento de livros de autores
do Brasil, Paraguai e Argentina
15h às 20h - Multiplicidade Cultural de Foz de Iguaçu - Atividades e apresentações culturais da comunidade
20h30 - Musical: Grupo Redenção
22h - Encerramento

Dia 08/08 - Segunda-feira
9h - Apresentação do Coral da Escola Municipal Adele Zanotto Scalco
9h30 - O Fio da História - Cléo Busatto
10h30 - Sessão de autógrafos - Cléo Busatto no estande da Livraria Kunda
14h - Recital com Cléo Busatto
14h - Oficina: Psicologia - Professora Noeli
16h - Apresentação de dupla musical da Escola Municipal Jorge Amado
16h - Palestra: Manual do Texto Dissertativo - Julieta Mendonça
17h - Apresentação musical Banda da Fundação Cultural
19h - Palestra: “A Importância da Historia da Formação da Cidadania” - Velocino Fernandes
20h30 - Palestra: ‘’Jornalismo Cultural - Resenhas, Apontamentos e Críticas’’ - Jorge Anthonio e Silva
22h – Encerramento

Dia 09/08 - Terça-feira
9h30 - A Literatura de Cordel - A História, Evolução do Cordel Moderno - Júnior do Bode
14h - Apresentação de dança da Escola Municipal Santa Rita de Cassia
16h - Contação de histórias
19h - ‘’Responsabilidade Social e Empresarial’’ - Claudio Alexandre de Souza - UNIOESTE
20h - Recital De Cordel - Poemas - Poética de repentista - Júnior do Bode
21h - Sarau Literário

Dia 10/08 - Quarta-feira
10h - Conversando com Valeria Gurgel sobre ‘’Onde Rolam as Cascatas’’
10h30 - Palestra: ‘’Dinâmicas Parapsíquicas" - Moacir Gonçalves e Rosemary Salles
11h - Sessão de Autógrafos - Valéria Gurgel
14h às 17h - Oficina: ‘’A escolha do dicionário bilingue’’ - Mariana Francis
15h - Contação de histórias
15h30 - Apresentação de dupla musical da Escola Municipal Frederico Engel
19h - Palestra: ‘’Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil’’ - Leandro Narloch
20h30 - Palestra: ‘’Onde a Religião Termina’’ - Marcelo da Luz
22h – Encerramento
 
Dia 11/08 - Quinta-feira
9h - Lançamento do projeto do Plano Municipal do Livro, Leitura e Literatura
Coordenação: Joane Villela - Secretária Municipal de Educação
9h30 - Palestra “Graciliano Ramos Jornalista” - Audálio Dantas
14h - Apresentação musical - Escola Municipal Cora Coralina
15h - Audiência Pública - Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura
Coordenação: Secretaria de Estado da Cultura - Rogério Pereira
16h - Contação de Histórias
16h30 - ‘’Contos Curtos’’- Edson Rossatto
18h - Lançamento do Livro ’’Romaneiro Cigano’’- Fábio Aristimunho Vargas
19h30 - Palestra: ’’Coluna Prestes no Paraná, Construção de uma Narrativa ’’- Domingos Meirelles
21h - Musical - Pedro Ribeiro
22h – Encerramento
 
Dia 12/08 - Sexta-feira
DIA DA DRAMATURGIA
9h às 21h - O Teatro do Excluído - Cia Experiencial - Foz do Iguaçu - Paraná
9h - Em Cena - Contação da história ’’A borboleta azul’’ - Ana Maria Reckziegel
9h30 - Oficina - O ensino/aprendizagem da cultura de língua inglesa nos livros didáticos  adotados pelas escolas estaduais de Foz do Iguaçu - Dulcemara Queiroz
10h30 - Debate - Escrevendo para o Teatro - Luiz Henrique Dias
13h45 - Em Cena - Contação de Histórias Infantis - Claudiara Ribeiro
14h - Palestra: Projetando o Futuro - SESC
15h - O teatro de sombras de Ofélia - Justim Garden / Moa Ferreira
16h - Debate - Bate-papo: Importância da Arte na Formação Humana - Moa Ferreira
16h - Lançamento do livro: Nenúfares Sob O Luar - Andréa Cristina Lopes
17h - Palestra: Acervos de Teatro em Escolas - Ana Maria Reckziegel
18h - Em Cena - Leitura - Alunos do Núcleo de Dramaturgia do SESI
19h - Palestra “Violência Urbana e Crime Organizado no Brasil” - Jornalista Carlos Amorim
20h - Debate - Mesa Redonda: O Teatro Contemporâneo - Luiz Henrique Dias, Luiz Leprevost e Roberto Alvim
21h - Sarau Literário
21h40 - Sessão de Autógrafos - Luiz Leprevost
 
Dia 13/08 - Sábado
9 às 12h - Oficina: ‘’Música, a Letra e a Poesia’’- Ildo Carbonera
10h - Palestra e sessão de autógrafos ‘’Obesos Insanos’’- Rogério Bonato
11h - Show de Capoeira Pedagógica
14h às17h - Oficina de Poesia - Cidinha Hosoya
16h - Palestra: “O Olhar do Repórter na História” - Jornalista Roberto Sander
16h - Contação de história - Professora Daiane
17h - Lançamento do Livro: Narrativas ítalo-brasileiras: dove è la Cuccagna? - Ildo Carbonera
18h - Recital de Poesia - Poetas locais
19h - Sessão de Autógrafos: ‘’Manual do texto Dissertativo’’ - Julieta Mendonça - CEAEC
19h10 - Sessão de autógrafos - Rosemary Salles e Moacir Gonçalves - CEAEC
19h20 - Palestra: ‘’O Jornalismo no Cinema e na Literatura’’ - Jorge Oliveira
20h - ’’A Ciência do Bem Viver - Propostas e Técnicas na Psicologia Positiva’’ - Mônica Portella
21h - Musical: Grupo Agnus

Dia 14/08 - Domingo
9h às 21h - Multiplicidade cultural de Foz do Iguaçu - Espaço Literatura e Cinema
(Sessões durante manhã e tarde)
16h - Contação de história
20h30 - Musical: Grupo Agnus